Warning: mysqli_query(): (HY000/1194): Table 'mmm_usermeta' is marked as crashed and should be repaired in /home/marmota/www/blog/wp-includes/wp-db.php on line 1877

Um dia perfeito, mas com o notebook

Por Rodrigo P. Ghedin

Na última vez que me desliguei do mundo para curtir férias, não o fiz por completo. Levei o notebook. Para a praia. Não para a areia, como alguns amigos pensaram ao ouvir a frase “levei o notebook para a praia”, mas para o apartamento onde fiquei. O que, mesmo assim, gerou surpresas e reprovações do tipo “nerd idiota, get a life, please”.

Poderia evocar a desculpa de que usaria o notebook para economizar em ligações para minha namorada, que na ocasião encontrava-se na Bahia, num congresso de engenharia química. Mas, eu confesso: também queria tirar proveito das diversões que o portátil proporciona. Filmes, séries e jogos (e dá-lhe Mario Kart!), que, no fim das contas, acabaram se transformando em diversão, de fato.

A este ponto que gostaria de chegar. Há tempos o computador deixou de ser única e exclusivamente uma máquina de trabalho. Conceitos multimídia práticos existem há anos, e desde a época em que a Creative vendia (e faturava horrores) com “kits multimídia” compostos de leitor de CDs e placa de som, há diversão nos PCs. Nos últimos tempos, tecnologias diversas potencializaram o fun factor do computador, a ponto de hoje termos máquinas destinadas a games, e máquinas media centers que ficam na sala de estar, e não no escritório, em muitos lares mundo afora. Enfim, máquinas cujo objetivo primordial é a diversão, o entretenimento.

Levar um notebook para o litoral não chega a ser loucura. Longe disso. Tem gente que leva DVD player, outros levam video games, e há aqueles que levam dúzias de CDs de música. O notebook condensa todos esses num corpo compacto e de fácil transporte. Só não consegue disfarçar sua veia laboral, de modo que, se você disser a alguém que pretende levar um para o litoral, invariavelmente o chamarão de workaholic, ou chato.

Por essas e outras, dessa vez deixarei meu bom e velho notebook em casa, encostado, triste. Daria MUITO trabalho transformar em fala esse monte de palavras que escrevi acima…

Enquanto Marmota passa por dias perfeitos descansando e viajando, a série Colônia de Férias apresenta textos gentilmente preparados por seus amigos.

Comentários em blogs: ainda existem? (3)

  1. O note é uma boa companhia: por funcionar como player, Dvd, videogame, facilitar sua vida no banco…

    Mas acho que, na praia, eu gosto de ficar curtindo só o mar, sombra e água de coco…

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*