Dia de folga

Acaaaaaba, Pan

Dormir até acordar. Café da manhã na hora do almoço. Ver bobagens na TV esparramado no sofá. Resgatar um filme antigo da estante. Ou um bom livro pedindo há séculos para ser lido. Lazanha ou churrasco, desde que com a família toda à mesa. Cochilo preguiçoso, ainda escanchado no sofá. Cortar as unhas. Fazer a barba. Sair de casa. Passear pela cidade vazia. Ir ao cinema. Encontrar amigos no bar. Jogar conversa fora até o fim da noite.

Fazia tempo que um dia de folga não era tão celebrado, a ponto de merecer um post só para ele. E você, o que vai fazer em suas próximas 24 horas longe do trabalho?

Em tempo: tirei a foto num momento mais calmo, ao fim da tarde, graças ao comentário de uma amiga: “você deve estar acabado!”. A cara assusta, mas estou me divertindo bastante, respondi. Logo que viu a imagem, emendou: “perfeito pra um “antes e depois” de comercial de qualquer energético! Um verdadeiro PANdemônio! E você ainda tem que aguentar os trocadilhos mais infames com o PAN…Aliás, deve estar ouvindo ao vivo, por telefone, por e-mail… É como eu li na coluna do Macaco Simão: é PAN, TAM, Renan… Tô ficando tantã… Dãr!”

André Marmota tem uma incrível habilidade: transforma-se de “homem de todas as vidas” a “uma lembrancinha aí” em poucas semanas. Quer saber mais?

Leia outros posts em Marmota ilustrado. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (6)

  1. Tá acabando, tá acabando…

    E o duro desta sexta foi ter de agüentar o trio Galvão-Oscar-Hortência na hilária transmissão da estréia da seleção feminina de basquete. Jesus!

    E a minha folga é na segunda-feira. Há!

  2. Embora barba não me faça gênero, gostei da foto e acho que você está bonitinho.

    Se resolver não trabalhar hoje, talvez saia de carro pra dar um rolé na cidade, sei lá.
    Tenho dois livros novíssimos para ler, do poeta laureado, Paulo Henriques Britto.

    Tenho fotos para postar no Flickr, enfim, coisinhas.

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*