Vamos brincar de virundar!

O post que você vai ver agora deveria ser publicado originalmente no Virunduns neste domingo à noite. Mas os excelentíssimos senhores Marinho e seus blue caps impedem qualquer publicação em seu sistema blogueiro. Assim, fui obrigado a publicar a brincadeira por aqui, antes que eu me esqueça.

Fiz uso, mais uma vez, da sensacional técnica do post interativo, desta vez baseado no concurso “O Elefante”, promovido no Virunduns. Durante pouco mais de um mês, internautas de todo o mundo tiveram a oportunidade de ouvir a canção de Robertinho do Recife. O desafio proposto era simples: escrever a letra da música.

Foram dezenas de contribuições, uma melhor que a outra. Com tantas sugestões, seria um desperdício ignorar as audições mais engraçadas.

Assim, espera-se que, nesta segunda-feira, o post abaixo também esteja publicado no Virunduns. Ainda não conhece? Então vá lá e saiba tudo sobre o elefante!

Agora que você já ouviu a música, mandou a letra, conheceu o vencedor do concurso e participou ativamente da discussão, é hora de relaxar com o nosso gerador de letras do elefante, que compila as melhores participações dos nossos virundonautas em nosso primeiro concurso. Para passar o tempo e constatar o óbvio ululabnte: qualquer uma das combinações possíveis seria perfeitamente audível!

ComoTomocriança quevai viajarfaz viajarvadia jávai pirajá
Acordei cedoAconteceuAnoiteceuAdormeceuAtor tem sedeAmor descendeAmortecerdesevi vocêvim fazersonhar
Uma cirandadocedancepassoupelo arpenhoir
E a naturezafoi sefossefoicebalançar
A fantasiame faz delirarde fazer girar
Que foi que eu disse? Eucantei sem pensarjá dei sem pensarcomecei rezartambém sei dançarentrei sem avisare você delirarfui terceirizar
É umadoidicesandicetoliceque essa dança dá
É umadoidicesandicetoliceque essa dança dá

De que país vem esse carnaval
Se o oriente nasce em meu quintal
E um sol mais quente brilha muito mais
E umcorpomuitomucofogogrupoovobumbumbulboburrobumbobotovultoquente que alegria traz
ÔPapa KidPapa dissePapa críticaPapa quisPapa friopapa-quibebabaquiceBabaquidibaba físicacatequizada famíliaroupa fatídicacadê meu ganzácadê meu mingaucadê meu casacoao me ver cantartentar me exorcizaraté eu me cansarinstalei o Kazaaque aprendeu dançarque a TV alcançajá vem me caçaraté o véio cansaro Ateneu trocarabeneu czar!
DoCongo belgacôco belgamorro belgaporco belgapovo belgapolvo belganovo belgapombo belgacouro belgaloiro belgacogumelocozumelpouco melque eu mandeibuscarfritarciscarriscargozar
Essa guitarragritaagitaque táditamuito mais
Essa guitarragritaagitaque táditamuito mais

O elefantebrincamudagritalucramudo émancamuito mais
Se umameninaandorinhavai correndo atrás
Que foiIssoTudoque eu fiz? fui te fazer feliz
Que foiIssoTudoque eu fiz? fui te fazer chorar
Será dificil alguem pronunciar
A melodia que essa letra dá
Nafala delabala delamala delasala delavala delaFallabela,linda é Aliáidealizaraté ela guiarliterariáliberariaaté o dia raiarajudei a arriarlhe pelaliá
Nafala delabala delamala delasala delavala delaFallabela,linda é Aliáidealizaraté ela guiarliterariáliberariaaté o dia raiarajudei a arriarlhe pelaliá

Se a natureza não me abandonar
No meu reinado você reinará
Tarzan dormindoTavam dormindoCavando risosCasando unidoCaçando milhoTravando lindoTá dando lindoPassa o domingoCalango indoBatendo pinoE o babuínono canavial
Tantor fazendoGangon fazendoTrator, fazendaTambor batendoTamo varrendoEu vou tambémAndou com a renaE a moça velaE a mortadelaNa força lentaCasou com a velhaTá pondo a lenhaPra Fortalezaamor no bambualamor nu no luarmorro bambuzalno Globo Ruralem Bambuluá
Como a Colúmbiafoi sefossefoiceviajar
Numa cirandadocedancepassoupelo arpenhoir
Acordei cedoAconteceuAnoiteceuAdormeceuAtor tem sedeAmor descendeAmortecerdesevi vocêvim fazersonhar
ComoTomocriança quevai viajarfaz viajarvadia jávai pirajá

Atualizado: Depois de algumas tentativas, consegui driblar a manutenção do sistema e publiquei o brinquedinho no Virunduns. Ainda assim, vale a sua visita por lá também!

André Marmota dialoga muito com o passado, cria futuros inverossímeis e, atrapalhado, deixa passar algumas sutilezas do presente. Quer saber mais?

Leia outros posts em Faça fazendo. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (2)

  1. Fala Marmota!Há males que vêm pra bem!Quem sabe o fato do blogger estar fora do ar não fosse pra vc poder divulgaro o Virunduns aqui no seu blog e mais gente ficar conhecendo?

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*