Sim, sim, sim… Esse amor…

… é tão profundo!

Você é minha prometida,

vou gritar pra todo mundo…

Quem estava na Avenida Paulista neste domingo teve que ouvir este e outros refrões insuperáveis do cancioneiro folclórico popular brasileiro…

Com o pretexto de celebrar o aniversário da avenida, que completa 112 anos nesta segunda-feira, a Rádio Gazeta promoveu uma festinha em frente ao prédio.

Para isso, resolveram armar um palco em cima do tradicional escadão e fechar o trânsito da Paulista durante boa parte do domingo.

Convidaram gente bacana pra cantar e atrair gente: Os Travessos, Bruno e Marrone, Rouge, KLB, Leci Brandão, Sampa Crew, Babado Novo, Fábio Jr. e Alexandre Pires.

Resultado: cerca de três mil pessoas, dos mais variados tipos e tamanhos, trouxeram a família para cantar e pular na Paulista.

Ah sim: também tinha o grupo br’oz, que cantaram “sim, sim, sim… Esse amor é tão profundo! Você é minha prometida, vou gritar pra todo mundo…” uma centena de vezes.

Depois das 18 horas, com Zezé di Camargo e Luciano encerrando o evento – cantando o tema de “Maria, Mãe do Filho de Deus” – e Padre Marcelo Rossi evocando a massa para erguer as mãos, hora de desmontar tudo e limpar a sujeira.

Finalmente, chegara o esperado presente de aniversário para a avenida: o silêncio.

André Marmota acredita em um futuro com blogs atualizados, livros impressos, videolocadoras, amores sinceros, entre outros anacronismos. Quer saber mais?

Leia outros posts em Plantão Marmota. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (8)

  1. Tenho certeza q esse refrão: “sim, sim, sim esse amor é tão profundo, vc é minha prometida e eu vou gritar pra todo mundo” não vai sair da sua cabeça por longos tempos…rs…

    Kisses
    Ale*Cherie

  2. Tenho certeza q esse refrão: “sim, sim, sim esse amor é tão profundo, vc é minha prometida e eu vou gritar pra todo mundo” não vai sair da sua cabeça por longos tempos…rs…

    Kisses
    Ale*Cherie

  3. André,

    Vc pode até não acreditar, mas eu não sabia desta “comemoração” e do nada resolvi dar uma passada no Itaú Cultural para tentar passar o domingo sossegado, e qndo chego na Paulista: surpresa!

    Mas eu chegeui quase no final, pude assistir as brigas de rua que tiveram depois do evento… teve cara até descendo rolando pelas escadas do metrô… Se o Jornal Noticias Populares existisse ainda, daria um boa matéria…

    Abraços!

  4. Acho que essa musiqueta é melhor do que a última que grudou em minha mente. Maldita hora em que ouvi Richard Marx na Alfa FM, cantando a pegajosa balada “Angelia”. BLARG!

    E quem será o responsável pelo “casting” dessa “festa”? Ao levar expoentes musicais como estes, os organizadores queriam ATRAIR público?

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*