Quer combinar o seu mapa com o meu?

Você pode até não acreditar em astrologia, mas certamente vai gostar da brincadeira sugerida pela Cacau. Trata-se de um “arremedo” de sinastria, técnica usada pelos astrólogos para combinar e comparar dois mapas astrais. É interessante para constatar a compatibilidade entre pessoas.

Normalmente, a sinastria pode ser feita para verificar a sintonia entre dois amigos, membros da família, funcionários e chefes, etc. Mas o brinquedinho sugerido é limitado a casais: namorados, ficantes, casados, enrolados ou qualquer outro tipo de relacionamento. Como disse anteriormente, trata-se de um “arremedo”: a única informação que você precisa para saber se combina (ou vai combinar) com o seu par é a data de nascimento. O que, convenhamos, não garante resultados muito precisos.

Tudo bem, o que vale é a diversão que a tal “sinastria for dummies” proporciona. Para quem não tem o que fazer, vale a pena clicar aqui, resgatar o livrinho de aniversários e explorar combinações com aqueles casos mal resolvidos do passado. Ou ainda fazer projeções mirabolantes com aquela simpática mocinha que você está afim. Quer ir mais longe? Vá até o Google e descubra a data de nascimento de quem você sonharia casar. A Sandy, por exemplo, que nasceu em 28 de janeiro de 1983 (aquário? Nããão…).

Para demonstrar aqui no MMM como funciona, resolvi experimentar a bagaça tomando como base duas datas completamente aleatórias e sem o menor interesse pessoal: 7 de maio de 1977 e 14 de novembro de 1979. Levando-se em conta o signo solar dos nativos das datas supra-citadas, entre outras posições e trígonos planetários, pude constatar o seguinte:

“Há um forte magnetismo entre os dois e, mesmo quando têm algo em comum – intelectual ou espiritualmente – seu relacionamento físico torna-se tão potente que os une ainda mais. Se possuem interesses comuns e raciocinam em um mesmo nível intelectual será impossível, praticamente, separar-se um do outro. Entretanto, como são muito possessivos estão predispostos a tornarem-se ciumentos, ela especialmente…

Entendem-se um ao outro muito bem pelo simples motivo de terem temperamentos semelhantes. Possuem sempre respostas para as pessoas e para as situações. São práticos e muito trabalhadores, com uma grande necessidade de se sentir úteis, produtivos e de realizar algo concreto ou palpável…

A comunicação é aberta e harmoniosa entre os componentes desta relação. Para vocês, é possível que se ajudem incorporando novas idéias e ampliando suas perspectivas. Se já possuem um relacionamento íntimo e durável, desenvolverão opiniões políticas e sociais semelhantes. A igualdade em todas suas perspectivas da vida ajuda a ambos a se sentir muito felizes ao compartilhar seus momentos. Todas suas convicções e objetivos estão quase sempre em harmonia…

Hmmm… Bom! Mas tem mais:

Esta relação costuma mudar seu curso de forma repentina e inesperada. Existe muito de imprevisível nela e, positivamente, pode ser excitante e não convencional e, negativamente, deixar ele frustrado, pois percebe a indisposição de sua companheira para comprometer-se e entregar-se mais no relacionamento. A natureza imprevisível, a inconstância e a falta de segurança podem causar também em um de vocês um incômodo sentimento de insatisfação…

Xii… Tava bom demais pra ser verdade. Enfim, vamos a conclusão:

Os opostos se atraem! Mesmo que os dois tenham muitas diferenças básicas em sua personalidades, eles são atraídos um para o outro. Esta não será com certeza uma relação frágil. Pode facilmente chegar a ser um relacionamento de amor ou de ódio: amam-se e respeitam-se quando lhe é possível complementarem-se, e odeiam-se quando falha o entendimento e a compreensão de suas diferenças. Compete a vocês decidirem por desenvolver um entendimento recíproco sobre suas diferenças.

Sensacional! Assim podemos chegar a uma difícil conclusão: a sinastria pode até acertar alguns aspectos – obra da astrologia ou mera coincidência. Mas no fim da história, quem decide se existe ou não a tal combinação perfeita é a nossa capacidade de compreender, ponderar e flexibilizar relações usando o inigualável poder do amor.

André Marmota formou-se jornalismo e ainda estuda o tema na pós-graduação. Mas o que importa é ter saúde, não é mesmo? Quer saber mais?

Leia outros posts em Faça fazendo. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (6)

  1. Datas aleatórias?
    Hmmmm…. Bom, vou voltar lá e testar mais umas datas assim tão aleatórias também… rs

    Mas me diz, então… Afinal, Marmota, você que é meu guru astrológico… Gêmeos (com ascendente em Capricórnio) combina com Virgem???
    Ó dúvida cruel…

  2. Tudo é muito relativo. Acho que eu já disse que minha quase esposa é de libra, ou seja, exatamente o meu inferno astral :-) Só que esse é o meu ascendente também (e por isso eu sempre fui conhecido como uma criatura atormentada, o zodíaco explica!). Ao casar, pelo jeito eu estou optando por um dos lados da minha dupla personalidade ;-)

  3. Pois é,
    mais uma vez digo aqui que apesar de acreditar em mapa astral, sou uma geminiana muito bem casada com um taurino. Me entendo com ele como nunca me entendi com ninguém, sou louca por ele.Se perguntarem sobre esta combinação pra um astrologo,o prognostico é sombrio.
    Nunca deixem de entrar num relacionamento por causa de signo ou mapa astral. O destino nos reserva gratas surpresas.
    No mais…o amor faz mesmo o resto, fecho junto com vc André!
    beijos

  4. Que bom que você se gosta disso. E, principalmente, procura orientação por meio dessa “mistologia” …
    Algumas coisas são semelhantes, quando se cruzam dados… Pena que nossas vidas nao sao feitas somente de pontos identicos, né?

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*