Prazer, sou a junta homocinética

Olá, permita-me uma breve apresentação. Todos me chamam de junta homocinética, e apesar deste nome estranho, estou bem perto de você, amigo motorista. Enquanto você fica se descabelando com o trânsito, buracos e outras aberrações na sua estrada, eu e minhas outras companheiras trabalhamos para o seu bem estar!

Pois é. Veja como seria difícil a sua vida sem mim: quando você pisa no acelerador, ao mesmo tempo que passa por um buraco ou degrau, as rodas do seu carro precisam acompanhar o giro do motor – as duas simultaneamente, mesmo uma se movendo de um jeito diferente da outra. É aí que eu entro: sou responsável pela transferência de força do motor para a sua roda, independente do tranco!

Tenho dentro de mim dois eixos ligados por uma forte articulação. Um eixo fica ao lado da roda, e o outro na direção. Preciso ter jogo de cintura para que a direção do seu carro permaneça tranquila durante todo o seu trajeto! Viu como sou importante? Claro, como qualquer peça, estou sujeita a problemas graças ao passar do tempo e o desgaste natural.

Além de prestar atenção em todas as minhas companheiras peças, não esqueça de mim: se ao fazer uma curva você ouvir um estranho ruído, ou de repente você sentir o seu carro vibrar sem motivo aparente, isso pode significar o fim da minha vida útil. É importante verificar o meu estado com o seu mecânico de confiança antes de sair por aí com os amigos.

Ainda mais se você for um doido varrido como o Marmota, que colocou mais seis pessoas em seu Uno Mille e foi à praia sem sequer saber a respeito da minha existência. A besta poderia ter ficado no meio da Anchieta e frustrado o final de semana com os amigos. Felizmente ele conseguiu fazer seu carro chegar a Bertioga sem maiores danos. Evidente que o estúpido gastou na praia três vezes o valor que teria pago para me arrumar na capital…

(Postado em 30/10/2002, depois de um saudoso fim de semana. Preciso voltar a Bertioga com os amigos – mas em dois carros.)

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*