O perigo do BlogRating

Já reparou naquele quadradinho engraçado, com a inscrição “blograting” e um número de cinco dígitos? Trata-se de mais uma brincadeira voltada para blogueiros: o BlogRating, um medidor de popularidade para blogs – que deve ganhar novos adeptos depois de virar matéria no Estadão.

Chamo de brincadeira por um motivo simples: seria ótimo se ninguém deturpasse o que um dia já foi uma boa idéia de Daniel Caetano, assumida pelo João Marcelo Barros há algumas semanas (desejando, desde já, sucesso e vida longa nessa empreitada).

Uma das propostas é saber se o blog está agradando, tomando por base o número de visitas diárias – coisa que, quem já usa um contador como o Nedstat, já tem idéia. Partindo desse pressuposto, os primeiros nomes da lista agradam mais, portanto podem ser definidos como “os melhores”… E aí é que mora o grande perigo.

O termo “popularidade” soa como música para os ouvidos de uma parcela capaz de tudo para conseguir visitações expressivas a todo custo, e quie pode enxergar o BlogRating como um simples canal de propaganda – fator que pode inibir muita gente a se cadastrar no serviço, independente de outros que simplesmente detestam contadores e ponto final.

A insistência dessa turma, movida a narcisismo puro e a toneladas de comentários, foi um dos motivos pelo qual Daniel Caetano resolveu abrir mão do serviço:

… A maioria das pessoas entrou num frenesi de querer ficar em primeiro lugar, como se aumentar a tiragem de um livro tornasse seu conteúdo algo melhor… Mas não é assim que funciona, povo. Um livro deve ser bom para que sejam necessárias grandes tiragens e não ter grandes tiragens para que seja bom por consequência.

Assino embaixo, e vou mais longe: adote como premissa fundamental a possibilidade de conhecer novos blogs legais através do BlogRating. Além dos já consagrados Rosana Hermann, Edney e Inagaki, aparecem na lista páginas bem bacanas como Rua da Judiaria, Anônimo Incógnito e The NoWhere Land.

Se bem que nem sei porque sugeri “esquecer esse papo de subir no raning”… Já posso ouvir vozes ao fundo gritando “toliiiinho”.

Atualizado: Nem precisei falar com o João sobre o tema: ele mesmo já deu sua opinião no blog do BlogRating, assim que os primeiros questionamentos sobre a presença dos “joselitos”:

Quem vai julgar se um blog merece ser popular é o leitor dos blogs. Blog é que nem canal de televisão. Se você gostou, vai assistir sempre. Se não gostou, não assiste nunca mais e troca de canal, por um outro que mereça a sua atenção…

Eu fico muito satisfeito, depois de duas semanas de pleno funcionamento (mais uma de testes), ao ver que o site tem atraído muita gente que tem realmente algo para dizer no mundo blog. É verdade, tem mais gente boa do que baixarias por aqui. Isso também inspira muita gente a escrever coisas legais.

André Marmota acredita em um futuro com blogs atualizados, livros impressos, videolocadoras, amores sinceros, entre outros anacronismos. Quer saber mais?

Leia outros posts em Bloguiado. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (2)

  1. Obrigado pela citação. Me inscrevi nesta “gincana” por acaso, nem li a matéria jornalistica, mas venho me empolgando com a repercussão.

    Pena que minha “fama” vá durar apenas a semana do Blogs of Note do Blogger.

    Pelo menos espero que os bons leitores continuem frequentando.

    Obriagado pela citação. Já me valeu o dia.

    Abraços

    Pedrox (vulgo, NowhereMan)

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*