Warning: mysqli_query(): (HY000/1194): Table 'mmm_usermeta' is marked as crashed and should be repaired in /home/marmota/www/blog/wp-includes/wp-db.php on line 1877

No braço, a Copa volta ao normal!

#BRA 3 X 1 #CIV (20/06) – Depois da estréia, muitos brasileiros, munidos de suas vuvuzelas, sopraram com força ruidosa nos ouvidos de Dunga. “Desse jeito, não vai dar”. O tropeço da Espanha no dia seguinte antecipou a provável colisão da Fúria: ela está na decisão do Mundial ao lado do Brasil em mais da metade dos bolões, mas pode ser o adversário da seleção já nas oitavas-de-final.

As comparações com Copas anteriores é inevitável. Duas delas não me saem da cabeça: 90 e 94. Em ambas, o Brasil apresentou um esquema de jogo “a la européia”, com reforço na defesa, meio-campo vagaroso, ataque baseado na qualidade de seus talentos individuais. Não à toa, aquela época ficou marcada como “Era Dunga”, o que nos ajuda a entender um pouco os atuais ingredientes deste time. Dessa forma, em três semanas, o técnico pode ser comparado ao desempenho de Parreira… Ou de Lazaroni.

Para os prognósticos deste domingo, contra Costa do Marifm, pesavam não apenas a aplicação dos Elefantes no empate sem gols com Portugal, como também as “jabulanadas” da semana envolvendo os “gigantes”, como definiu Galvão Bueno. Horas antes, naqueles horrendos links ao vivo pré-transmissão, os mais eufóricos lembravam que, diante de africanos, é comum o Brasil marcar três gols.

Então o jogo começou e, depois daquele chute de Robinho no primeiro minuto, aquela sensação de moleza, tal como diante dos norte-coreanos, voltava a incomodar. Finalmente, Kaká e Robinho deram as mãos e convidaram o até então zicado Luis Fabiano. Um petardo na urucubaca. Se a zebra passeou numa boa pelos gramados africanos, não seria no Soccer City. No segundo tempo, o “fabuloso” seguiu desentortando a Copa, com o braço. Duas vezes. Mas foi um golaço.

Confesso que, até a primeira rodada, via com bons olhos uma classificação da Costa do Marfim para a próxima fase. Meu palpite, inclusive, era o time de Drogba nas semifinais, inaugurando a presença africana entre os quatro melhores em uma Copa do Mundo. Mas depois das sapatadas impostas aos brasileiros nos minutos finais da partida, quero mais é vê-los num estábulo. Já o árbitro francês Stéphane Lannoy devia passar uma semana com seus compatriotas – como estão brigando entre si, podiam aproveitar e dar uns tapas nesse banana.

Enfim, após a segunda rodada, todo mundo coloca Brasil e Argentina na final. Convém lembrar que, muitos deles, colocavam a Espanha esses dias.

Mais pitacos, como na primeira rodada

#HON 0 X 1 #CHI (16/06) – A última vez que o Chile participou de um Mundial, em 98, ainda com os memoráveis Bambam Zamorano e Marcelo Salas, empatou três jogos antes de perder pro Brasil nas oitavas-de-final. Contra Honduras, quase que o goleiro Valladares estragou a festa dos comandados de “El Loco” Bielsa. No fim, vitória! Vamos, Chile!

#ESP 0 X 1 #SUI (16/06) – Certamente foi um dos resultados mais espantosos, por duas razões: os espanhóis atacaram muito, e os suíços, apesar da sólida defesa, não atacam nada. Acharam um gol estranho, e ninguém mais lembra o nome de seu autor: preferem lembrar de Sara Carbonero, namorada (boazuda) de Casillas, que teria desconcentrado-o. Desculpinha boba, hein?

#RSA 0 X 3 #URU (16/06) – Eu sou uma besta. Depois da estréia, da empolgação, do empate e da confiança, imaginava que realmente os Bafana Bafana poderiam se classificar. Curiosamente, poucos falavam nos uruguaios antes do início da Copa. E não é que eles calaram as vuvuzelas e deixaram Parreira a um passo de entrar para a história – não apenas com seu recorde de participações, mas por ser o primeiro a ficar com os anfitriões na primeira fase.

#ARG 4 X 1 #KOR (17/06) – Don Diego segue armando seu time no esquema “buemba mio boy”, que certamente vai garantir sua seleção com 100% de aproveitamento – e do jeito que essa copinha anda, realmente não duvido do Doni. Aliás, uma competição cujo artilheiro é o Higuaín realmente deve entrar para a história como uma das mais estranhas de todos os tempos…

#GRE 2 X 1 #NGA (17/06) – Meu palpite, antes da Copa começar, era Argentina em primeiro, Grécia em segundo. Então a geração futura dos responsáveis pela sociedade ocidental tropeçaram nos coreanos e meu bolão subia no telhado. O gol dos nigerianos, além de Enyeama, o melhor goleiro do Mundial até aqui, enterravam de vez o prognóstico. Então un nigeriano foi expulso, os gregos viraram o jogo, venceram pela primeira vez e ampliaram a agonia africana.

#FRA 0 X 2 #MEX (17/06) – Se os Bafana Bafana podem ficar de fora, ao menos podem se despedir de um jeito honroso. Basta repetir o mesmo “sapeca-iaiá” protagonizado pelos mexicanos diante daquele ajuntamento que só o Domenech consegue chamar de “time”. Seria lindo ver os irlandeses distribuirem mais pizzas gratuitas – promessa do Pizza Hut graças à mãozinha do Henry – enquanto Uruguai e México se abraçarem e, com um empate, passarem juntos para as oitavas – e dane-se o fato do potencial adversário ser a Argentina.

#GER 0 X 1 #SRB (18/06) – No sábado: “ninguém segura a Alemanha; o Ozil é melhor que o Ballack; candidatíssima ao título”… Então o ex-futuro-artilheiro-de-todas-as-copas Klose foi expulso e um ex-iugoslavo qualquer com nome terminado em ic fez o gol do jogo e pulou no fosso, denotando o fanatismo sérvio com o futebol. Podolski, o atacante que ficou em campo, errou tudo o que pode, inclusive um pênalti. No fim, Joachim Low, que dizia antes do Mundial que desconfiava de seu time, parece ter razão. Não nós.

#SVN 2 X 2 #USA (18/06) – Duvido que, mesmo após duas rodadas, você saiba realmente a diferença entre “ex-ovelha” e “exo-vaca”. Mesmo assim, os ex-iugoslavos começaram o jogo com tudo, abriram 2 a 0 e, pasmem, estavam prestes a ser os primeiros classificados. Mas além da queda de bateria no segundo tempo e da reação norte-americana, tenho certeza que o juiz, que me lembra o Amaral (ex-Palmeiras) apitou a favor do próprio bolão ao anular o gol da virada norte-americano.

#ALG 0 X 0 #ENG (18/06) – Ainda bem que eu estava concentrado com meus afazeres por toda a tarde. Ficaria revoltado caso tivesse desperdiçado duas horas da minha vida diante da TV, alimentando alguma expectativa diante dos favoritaços ingleses… Que droga, eu apostei nesses medíocres numa potencial semifinal. O pior é que eu não duvido que esses coiós vão vencer a Eslovênia na próxima rodada e salvar a pele de Fabio Capello. Assim, a pretensa “barbada”, junto com os Estados Unidos, permanecerá registrada, ainda que tenha sido em linhas tortas.

#NED 1 X 0 #JPN (19/06) – Mais um gigante, favorito, que vai atropelar até a semifinal… Não jogaram absolutamente nada contra os japoneses, conseguiram o gol numa “jabulanada”, após um chute de Sneijder… E assim garantiram sua classificação. Aos japoneses, que ao menos contribuíram para a eliminação de Camarões, resta uma esperança: derrotar a Dinamarca e, quem sabe, também aprontar pra cima da Itália.

#GHA 1 X 1 #AUS (19/06) – Depois de vencer a Sérvia, a seleção de Gana tinha a faca e o queijo na mão: bastava derrotar a Austrália, a mesma que tomou um chocolate alemão. Parecia uma tarefa simples, mas mesmo com um a mais, enfrentaram um time raçudo, que segurou o resultado e embolou o Grupo D. Gana ainda lidera, mas precisa passar pela Alemanha para não ser mais uma a contribuir para a agonia da África. Agora, a faca e o queijo foi pras mãos dos sérvios.

#CMR 1 X 2 #DEN (19/06) – Bom, não é exatamente a “dinamáquina”, basta lembrar da estréia desastrosa contra os holandeses. Mas Camarões sequer desembarcou à África do Sul: repetiram a mesma displicência e desinteresse, representada pela vontade de sua estrela Samuel Eto’o: esse devia estar louco por férias ao invés de passar dias batendo bola com seus compatriotas. De novo: saudades do Roger Milla…

#SVK 0 X 2 #PAR (20/06) – Vamos recapitular: uruguaios, mexicanos, argentinos, chilenos e brasileiros mandaram bem até aqui; africanos pisaram no tomate; europeus badalados estão absolutamente displicentes… Até o Paraguai, acostumado a empatar, venceu! É impressão minha ou isso aqui tá virando um COPA AMÉRICA???

#ITA 1 X 1 #NZL (20/06) – Na última segunda-feira: “esse time da Itália está mais velho, mas a experiência vai fazer a diferença; é normal começar o Mundial empatando; os paraguaios são bons, aguarde a força da Azzurra diante dos amadores da Nova Zelândia”… Pois se os resultados do grupo C derrubaram todos os bolões, o que dizer deste aqui? O mais incrível é: de um jeito estranho, meu palpite (Paraguai em primeiro e Itália em segundo) vai rolar. Itália x Holanda e Brasil x Espanha logo nas oitavas?

E estas tijoladas resumísticas acabam na sexta-feira. Depois, separararemos os homens dos meninos.

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*