Minhas férias. Não necessariamente as suas!

Assim como em 2002, vamos fechar as portas do especial Fim de Ano no MMM com mais um aviso de férias. Este cidadão que vos escreve teve um ano extremamente puxado, portanto permitam-me desligar todos os neurônios e reativá-los apenas em fevereiro de 2004 – que está bem longe.

Enfim. Quem se compromete com o seu blog e resolve largar tudo por um tempo normalmente opta por algumas das saídas de praxe: ou deixa tudo às moscas, ou pede para um colega de confiança ir postando bobagens, ou arranja um computador acoplado ao telefone, em algum canto do planeta, só para avisar que ainda vive.

Todas as soluções são bem vindas. Não me importaria em fazer como o incrível Ralph, do ainda mais incrível blog Ópio, que parou justamente durante as festas. Reproduzo aqui o pedido sincero que ele fez aos seus visitantes:

“Sinceramente, quero que você aí, que está acessando essa página nesse período, pare de visitar blogs. Sério. Blogs já são substâncias tóxicas o suficiente o ano inteiro. Imagine então nesta época, onde todos da blogolândia sentem-se infinitamente solitários. Portanto, cuidado! Desvicie-se, viva sua vida real, conheça pessoas reais e cheirosas. Blogueiros são assustadores e medonhos”.

Ele não deixa de ter razão – até porque eu mesmo pretendo fazer isso um mês inteiro. Mas o poder das palavras, aliado a tecnologia, permite inovações que vão de encontro a sua liberdade. Você pode escolher o que pretende fazer durante o meu período de ócio! Traduzindo: você até pode sair de férias ao meu lado, mas se decidir ficar por aqui nos próximos trinta e poucos dias, você não se sentirá sozinho!

Como isso é possível? Simples: a partir desta segunda-feira, o MMM aciona o seu piloto automático. Uma sutil mudança no design e posts engatilhados para surgirem diariamente na primeira página, até o fim do mês de janeiro. É isso mesmo: a cada dia, uma velha novidade. Ou uma nova velharia, como você preferir.

Estou saindo de férias, mas como podem ver, a porta vai ficar aberta. Pode entrar e ficar a vontade!

André Marmota acredita em um futuro com blogs atualizados, livros impressos, videolocadoras, amores sinceros, entre outros anacronismos. Quer saber mais?

Leia outros posts em Especiais do MMM. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (2)

  1. Bhá… agora fiquei na dúvida: ou fico por aqui ou tiro férias (mesmo!)… eh eh!
    Dom André! Bem vindo às suas tão sonhadas férias! Junte suas quinquilharias e run para o sul!

  2. Férias? Bacana, moço! Mas sabe que corremos o risco de não nos conhecermos, mesmo eu trabalhando aqui no seu prédio nos últimos 6 meses? Pois é, talvez eu saia daqui em janeiro.
    Vamos ver. Torça por mim.
    beijelis

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*