História de pescador via MSN

Marmota: Fala, estúpido! Vai trabalhar no Carnaval?
Amigo 1: Pior que vou, cara… E não tem como trocar a folga…
Marmota: Eu também não posso trocar… Mas descobri hoje que folgo. Uma droga. Fui pego de surpresa, poderia jurar que fosse trabalhar agora…

Amigo 1: Fazer o quê, né? Só lhe resta a TV, Mangueira entrando, Nenê saindo…
Marmota: Nem pensar!!! Vai ser a última coisa que vou fazer!!!
Amigo 1: Duvido. De qualquer forma, podemos agitar um encontrão na segunda-feira.
Marmota: Pode ser… Vamos ver o que rola.

Amigo 2: Já decidiu se vai viajar na sua folga?
Marmota: Sinceramente, até pensei em ir pra Floripa. Mas sozinho, nem pensar. Todo mundo vai trabalhar, ou vai fazer como você e sair com a namorada…

Amigo 2: Sim… Já estou agitando Salvador desde o ano passado…
Marmota: Eu sei. Se eu soubesse que iria folgar, até planejava algo. Mas agora, tá muito em cima… Sem falar que, nessa época, é tudo muito mais caro…
Amigo 2: Xiii… Já vi tudo… Vai ficar mexendo no blog…
Marmota: É, uma boa idéia. Melhor que ficar vendo TV.

Amiga 1: Oiiii!!! Vai viajar no Carnaval???
Marmota: Então… Até cogitei a possibilidade de encarar Floripa… Mas provavelmente eu vou ficar em casa, descansando. Sem ouvir falar em Carnaval.

Amiga 1: Credo… Você é um rapaz tão novo… Se eu fosse você, pegava o carro, colocava umas roupas na mala e sairia por aí…
Marmota: Bela idéia… Mas sei lá. Não quero fazer isso sozinho… Pode não parecer, mas sou meio introspectivo…
Amiga 1: Nossa… Assim você me preocupa! Não vai atrofiar em casa, deixar a vida passar!!!
Marmota: Pode deixar! E você, pretende viajar?
Amiga 1: Ah, ainda não sei… Mas tudo pode mudar a qualquer momento!
Marmota: Tomara! Torço por você!

Amigo 3: Tenho uma proposta para você, nobre roedor dos charcos europeus.
Marmota: Pois não!
Amigo 3: Lembra daquele pesqueiro que nós fomos aquela vez em Itaquaquecetuba?
Marmota: Como não lembraria! é do lado da minha casa!!! Pena que tenha chovido tanto aquela vez…
Amigo 3: Então. Vamos torcer pro Pedrão não mandar mais chuva: que tal repetirmos a dose no final de semana prolongado?
Marmota: Hmmmm… Não tenho nada programado… Me parece bom!!! Estava pensando mesmo em passar um feriado sossegado, sem pulos ou coisas do gênero…

Amigo 3: Combinado. Nos vemos no sábado.
Marmota: Fechado! E manda um abraço pra patroa!

Amiga 1: Adivinha só????
Marmota: Que foi?
Amiga 1: Vou pra Floripa!!!
Marmota: Não brinca!!!

Amiga 1: Pra você vê… Tá tudo certo, mas ainda não acredito… Não tem o que dar errado agora, tá tudo confirmado… Mas como eu já estava me conformando de ficar em casa…
Marmota: Bom, eu já estou conformadaço. Vou ficar perto de casa mesmo, passear pelos arredores… Nada muito cansativo. Mas onde você vai ficar por lá? Na Lagoa???
Amiga 1: Bom, não sei os detalhes…. Só sei que alugaram uma casa não sei onde em Florianópolis, até onde sei comigo e outras quatro amigas!
Marmota: Quatro amigas?!?!? Vai estar bom o negócio lá, hein???
Amiga 1: Tomara! E eu queria tanto um Carnaval decente… Vai ser uma delícia!!! Mas… Disse que estava pensando em ir pra lá também, não tem mesmo jeito?
Marmota: Hmmmmm…

Amiga 1: Chama uns amigos pra ir junto contigo!
Marmota: Se pudesse… Mas não há amigos disponíveis, todos estão enrolados…
Amiga 1: Eu só não te falo “vem com a gente” pois estou indo meio às cegas… Mas vou estar por lá, a gente pode combinar qualquer coisa!
Marmota: Nossa… Por mais que a proposta seja tentadora (você e quatro amigas!!!), não vou cometer loucuras. Sabe como é… Preços impraticáveis…
Amiga 1: é… Carnaval é complicado mesmo…
Marmota: Sem falar que fui ao Rio há alguns dias, e quando estava sozinho no hotel, não tive a menor vontade de sair… Talvez me sentisse assim em Floripa neste Carnaval.

Amiga 1: : – (
Marmota: Enfim, boa viagem! Vou deixar pra ir lá em outra ocasião. Vou prometer a você que não vou ligar a TV enquanto estiver em casa…
Amiga 1: Então, tá… Beijos!

Amigo 1: Fala, estúpido!
Marmota: E aí! Vamos combinar aquele encontrão na segunda, então?
Amigo 1: Pode ser… Quer dizer que vai morgar em casa mesmo?

Marmota: Provavelmente. Mas já combinei uma pescaria com um amigo meu.
Amigo 1: Que beleza, hein? Bem fez o Amigo 2, que vai pra Salvador com a namorada…
Marmota: É… E pensar que eu poderia ir pra Floripa encontrar uma amiga e outras quatro mulheres…
Amigo 1: Quê??? Como assim?!?!?!?!
Marmota: Ela vai pra lá. Mas eu já estava propenso a ficar aqui, numa boa, sem gastar muito. Sem falar que já combinei a pescaria…

Amigo 1: Mas você é louco!!! Vai deixar de fisgar quatro sereias em Florianópolis pra pegar baiacu?!?!?!?!
Marmota: Não é bem assim… E não tem baiacu em Itaquaquecetuba. Mas tem tilápia…
Amigo 1: Não é bem assim o cacete!!! Sabe o que o Dedé Santana diria ao saber disso? Nãããããããããooo!!!!
Marmota: Ah, vá…
Amigo 1: Depois reclama da vida, dizendo “e eu uma pedra” e não sabe o porquê. Só falta você bancar o loser de vez e contar essa história no seu blog, carregando nas tintas e nos exageros de sempre…
Marmota: Hmmm… Pensando bem…

(Postado em 18/02/2004)

André Marmota acredita em um futuro com blogs atualizados, livros impressos, videolocadoras, amores sinceros, entre outros anacronismos. Quer saber mais?

Leia outros posts em E eu, uma pedra. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (10)

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*