Cadê o Milton Neves?

O ano novo ainda nem chegou e as pesquisas eleitorais já começam a brotar como erva daninha. Levantamento do Datafolha já mostra, com nove meses de antecedência, um empate entre três virtuais candidatos. Mas caso as eleições municipais fossem hoje, o homem sem medo Serra e o interminável Maluf disputariam o segundo turno, deixando a desconstrutora Marta fora do páreo por muito pouco. A ex-prefeita Erunda vem logo atrás.

Engraçado que, até agora, nem Serra nem Maluf confirmaram suas intenções de candidatura (talvez essa pesquisa mude a opinião deles). Mas tudo bem, não me surpreenderia ter que encarar esse trio indigesto nas urnas em outubro, tampouco admitir que ainda tem doido votando no Maluf. Até porque, esse tipo de notícia só serve para avisar o povo: “vai começar tudo de novo”.

O que me deixou realmente surpreso foi a ausência de um nome que, mesmo inexperiente em política, é mestre em publicidade, atributo que foi capaz de eleger Celso Pitta: o apresentador Milton Neves, que é filiado ao PL e, mesmo sem declarar abertamente, tem mais pinta de candidato em relação a Serra, por exemplo.

“Quem sabe serei o Schwarzenegger de São Paulo?”, brincou Milton Neves, ao ser perguntado sobre o tema pela primeira vez. Só vamos descobrir quando seu nome figurar em uma dessas barulhentas e espumantes pesquisinhas prévias.

Pessoalmente, Deus me livre…

André Marmota tem uma incrível habilidade: transforma-se de “homem de todas as vidas” a “uma lembrancinha aí” em poucas semanas. Quer saber mais?

Leia outros posts em Plantão Marmota. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (2)

  1. Olá Marmota!

    As festas estão chegando e eu não podia deixar de visitar meus amigos blogueiros.

    Primeiramente quero te desejar um belíssimo Natal e um 2004 cheio de paz e saúde. Torço muito pra que tenha um ano de sucesso.

    Ah, só pra avisar, o “Ninguém quer falar!” se mudou pro weblogger.

    UM ABRAÇÃO!

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*