A piada dos cinco tomates via MSN

Tenho uma teoria absolutamente infundada e de origem absurdamente irrelevante: a piada mais engraçada do Universo é a dos cinco tomates. Ao menos toda vez que usei dessa baboseira para animar algum ser tristonho, funcionou.

Normalmente, a piada dos cinco tomates aparece do nada – em Barcelona, fiz a performance num portunhol digno de Luxemburgo. A própria insistência em resgatá-la faz com que a história se desgaste, perdendo sua força. Ainda assim, acumulo casos e casos em que a piada dos cinco tomates salvou o dia. Em uma das últimas, usei apenas texto, numa tentativa desesperada de fazer uma grande amiga sorrir.

Amiga triste: Estou triste… Muito triste… :-(
Marmota: Quer que eu te conte uma piada? :-P
Amiga triste: Quero!
Marmota: Conhece a piada dos cinco tomates?
Marmota: (Sabe que eu nunca tentei contar a piada dos tomates pelo MSN)
Marmota: (Deve ficar uma merda)
Amiga triste: Conheço não…
Marmota: Então é o seguinte:
Marmota: Para você entender o que acontece com os cinco tomates, precisa conhecer a história dos dois tomates.
Marmota: Por alguma razão desconhecida, os dois tomatinhos desejavam atravessar a rua.
Marmota: No meio do trajeto, um deles conversa com o outro:
Marmota: – Olha o carro!
Marmota: # PLOFT ! #
Marmota: – Onde? – diz o outro
Marmota: # PLOFT ! #
Marmota: (E assim termina a história dos dois tomates)
Marmota: (Devo dizer que, pessoalmente, fica melhor)
Marmota: Agora, a dos cinco tomates.
Marmota: Eram dois tomates completamente normais.
Marmota: Dois tomates surdos-mudos.
Marmota: E um meio bobo.
Marmota: Os cinco, pela mesma razão dos outros dois, foram atravessar a mesma rua.
Marmota: – Olha o carro!
Marmota: # PLOFT ! #
Marmota: – Onde?
Marmota: # PLOFT ! #
Marmota: # PLOFT ! #
Marmota: # PLOFT ! #
Marmota: – Daaaaaaaa!!!
Marmota: # PLOFT ! #
Marmota: (E então?)
Amiga triste: HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA!!!
Amiga triste: HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA!!!!!!
Amiga triste: Eu gostei!!!
Marmota: Hehehehe! Que bom!
Amiga triste: De verdade!!! Obrigada!!!

Marmota: Aeeeee! Acabei de contar a piada dos cinco tomates para uma amiga tristonha via MSN! E acredite: ela gostou!!!
Outra amiga: Claro que gostou. Moças gostam de homens que as deixem felizes.

E eu, uma pedra: minha semana, que já vem desde o final de fevereiro, não é das melhores. Por gentileza, conte uma boa piada. Ou traga uma boa notícia.

Comentários em blogs: ainda existem? (20)

  1. Oi,
    Não sei contar piadas nem ao vivo quanto mais pela net, mas desejo que vc fique feliz, e tua semana melhore tudo! (é que não é pra melhorar um pouco, mas pra ficar ótima).

  2. ô lindo…não sei nem contar piada…:( Mas eu dô abraço, colo, dengo, faço cafuné, canto musiqunha…serve??

    Se servir, avisa que eu vou ai!

    Beijooooo

  3. É… Eu ia colocar um sexto tomate na piada para te contar, mas seria como colocar um sexto dedo no pé da Cicarelli. Quem pensaria nisso?
    Abraço!!

  4. Li a piada 3 vezes para entender e agora estou rindo igual o tomate meio bobo… Dããããã!!!
    Isso mesmo!!! Moças gostam de homens que as deixem felizes. Raro homens que as deixem felizes, detalhe!
    Eu não sei contar piada… Serve cócegas?!?!?! :o)))
    Bjaummmm

  5. Final do Fuzo para a piada dos cinco tomates:

    – Daaaaaaaa!!!
    # PLOFT ! #
    Ao ouvir o barulho, o feirante corre até a calçada e vê os seus tomates esmagados no chão. Enfurecido, ele vira-se para o motorista gordinho do Fiat Uno vermelho e grita:
    – @#$@%*! Invente outra piada e PARE DE ATROPELAR OS MEUS TOMATES!

  6. Piada infame do dia

    Sabe por que o mar é azul??
    Porque os peixes fazem blue, blue, blue, blue!!…

    Ah, esses anglicismos… Todo mundo sabe que peixinho faz é “glub, glub”…

    Risos, gostou?

    Ainda aguardo aquela luz sua…

    Beijos! PS: Tudo vai melhorar, se vai ver…depois da Páscoa tudo será ressurreição…

  7. Piada:

    André: “pq uma cobra nao morde um político? resposta: ética profissional”

    “amiga triste” é uma musica do capital inicial. é assim: “Composição: Fe Lemos/ Flavio Lemos/ Dinho Ouro Preto

    Hoje eu vi o amanhacer
    Sozinho, lendo notícias tristes
    Sobre guerras e religião
    Escuto os ecos da insanidade
    É possível a felicidade?
    Tento imaginar o que nunca senti
    Quero entender quem nunca ouvi
    Vamos fazer o que combinamos
    Lembrar o que foi perdido
    Acreditar que ainda é o mesmo dia
    O mesmo dia que nos conhecemos
    Hoje eu vi o entardecer
    Junto de uma amiga triste
    Cansada da repetição
    De saco cheio da competição
    “Paz e Amor”, que engraçado
    Deve haver algo errado
    Quando vamos entender porque estamos aqui?
    Quando vou poder amar e não me ferir?”

    []s

  8. Mas eu vou contar, não vai ter graça, mas vocês testam aí com os gestos e depois me contam. Mas tem que fazer rápido. É assim:

    Dois amigos estavam na praia apreciando a vista. De repente, vem andando uma menina lindíssima na direção deles. O primeiro diz:
    – Caraaaaaca, maluco, que mulher gata! Se fosse minha eu fazia assim: (faz o típico gesto de enrabamento, de quem pega alguém por trás e puxa, com o auxílio da onomatopéia de um peido.)
    Aí, o outro amigo responde: (isso você não fala. É só o diálogo) – mas aquela é minha irmã!!!
    Aí o outro faz (isso também você não fala) – Ops! Então (ele faz o gesto contrário do enrabamento, de quem está tirando o dele fora, empurrando o alguém para a frente, junto com a mesma onomatopéia de flato).

    Não parece, mas garanto que é engraçado se feito adequadamente…:-)

  9. Eh eh.
    Tu realmente sabes que funciona né?
    Eu, honestamente prefiro a tal piada de manhã bem cedo. Ainda quando estou grogue de sono e cheia de vontades de chorar.
    capiti, ne?
    beijão

  10. Cumpadi, piada por escrito que funcione só se for de pontinhos. Por exemplo: o que é um pontinho amarelo na praia do Leblon cercado de paparazzi? Cheetos Buarque!

    (entra claque de Patetas: iac, iac, iac!!!)

  11. * Adorei a piada de novo, mesmo sem efeitos sonoros..

    Ô meu caro…
    Que doce ver que ainda lembras de mim…
    Meu blog morreu, e minha ausência do mundo blogueiro prolongou-se demais.
    Mas cá estou pra recuperar o tempo perdido e te dar um GRANDE abraço virtual.
    Bom rever seu cantinho e reler suas palavras.
    []s

  12. Aqui em Brasília, antigamente, tinha uma variação dessa piada, envolvendo o nome de uma empresa de ônibus, a Viplan.

    Dois tomatinhos estavam atravessando o Eixão quando um falou:

    – Cuidado com o Vi… PLOFT!
    – Cadê? Não tô vendo nenhum Vi… PLOFT!

  13. Um chefão da Máfia descobriu que o seu contador havia desviado
    dez milhões de dólares do caixa.

    O contador era surdo. Por isto foi admitido, pois nada poderia ouvir e
    consequentemente não poderia depor como testemunha de nada.

    Quando o chefão foi dar um arrocho nele sobre os US$ 10.000.000,
    levou junto, claro, a sua advogada, que sabia a linguagem de sinais dos
    surdos.

    O chefão perguntou ao contador:

    “Onde estão os U$10 milhões que você levou?”

    A advogada, usando a linguagem dos sinais perguntou ao contador
    onde estavam escondidos os 10 milhões, que logo respondeu (em sinais):

    “Eu não sei do que vocês estão falando”.

    A advogada traduziu para o chefão:

    “Ele disse não saber do que se trata”.

    O mafioso sacou uma pistola 45 e encostou-a na testa do contador,
    gritando:

    “Pergunte a ele de novo…” advogada sinalizando para o infeliz:

    “Ele vai te matar se você não contar onde está o dinheiro”

    O contador sinalizou em resposta:

    “OK, vocês venceram, o dinheiro está numa valise marrom de couro,
    que está enterrada no quintal da casa de meu primo Enzo, no bairro
    Queens!”.

    O mafioso perguntou para advogada:

    “O que ele disse?”

    A advogada respondeu:

    “Ele disse que você não é macho o bastante para puxar o gatilho.”

    heheheh espero que tenha gostado, abração

  14. Marmota, como tu se atreveu a contar em 2005 a piada dos tomatinhos vou ousar contar uma versão dela:
    Dois balõezinhos estavam voando no deserto.
    Aí, um falou: – Olha o cactussssssshhh.
    E o outro: – Que cactussssssshhhhh????

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*