Vai ser 2 a 1 para o Santos

E o Peixão, hein? Assim como em 2002, o Santos levantou o caneco e comemorou, em São José do Rio Preto, a conquista do Campeonato Brasileiro. Como bem disse o nosso intrépido Narazaki, “o Peixe deu um final feliz a um enredo de fazer inveja aos melhores cineastas e autores de novela”.

Ainda com as palavras do nipônico: “O time trocou de técnico, sofreu um desmanche, saiu do 20º lugar para a ponta, perdeu Robinho com o seqüestro de sua mãe, e enfim conseguiu o desfecho tão desejado em menos de dois dias, com a libertação da mãe do craque e o título nacional”. Agora, cá entre nós: você duvidava do título santista – mesmo torcendo para o Atlético Paranaense?

Pois eu já sabia. Por um único motivo: Euricão avisou.

Isso foi terça-feira, quando o presidente do Vasco, adversário do Santos neste domingo, fez seu prognóstico. “Apostaria no Santos nem que fosse a aposta mínima. A minha sensibilidade diz que os meus jogadores não irão render o mesmo que jogaram contra o Atlético-PR. Meu palpite é 2 a 1 para o Santos”.

No dia seguinte, mais escrementos no ventilador. Desta vez, por conta de uma certa oferta: “Fui procurado por uma pessoa que ofereceu R$ 1 milhão para que o Vasco não facilitasse o jogo contra o Santos. Recusei prontamente a oferta e adverti a pessoa para que não procurasse os jogadores do Vasco”.

Nunca questionei a honestidade deste cidadão. Já havia constatado toda sua simpatia com o time paranaense quando Euricão quase trocou sopapos com Mário Celso Petraglia, o homem que manda no Furacão. Os dois, aliás, merecem nosso total voto de confiança.

Mas enfim. Como se não bastasse o recado vindo de São Januário, outro fato digno de surpresa chamou a atenção do Brasil: horas depois do desembarque santista em Rio Preto, com jogadores e atletas aclamados como se fossem a Seleção do Penta, a mãe do Robinho é libertada pelos sequestradores após 40 dias, deixando o atacante feliz e pronto para jogar e ser campeão. E aqui, uma ressalva: fico muito feliz em ver o caso resolvido.

Mas não me surpreenderia se o Euricão dissesse que pagou o resgate.

Enfim,

– Terminou mais um Campeonato Brasileiro por pontos corridos, e ao contrário do ano passado, o campeão só saiu na última rodada. Creio que a fórmula dos pontos corridos foi definivamente aprovada. Não acham?

– E eu ainda tinha esperanças de ver o Palmeiras perder para o Fluminense, o São Caetano rebaixar o Galo e recuperar os pontos no tribunal. No fim, o Verdão empatou e o Atlético venceu. Agora tanto faz para o Azulão ter mais ou menos 24 pontos.

– Já imaginaram como a Série B ficaria com Atlético/MG – e mais, com o Flamengo? Ficaria sensacional. O Rubro-negro se sentiria em casa em cada jogo no Nordeste e teria em mãos uma grande chance de mobilizar sua imensa torcida e recuperar o prestígio. Ao menos vai ter Ba-Vi. A propósito, a Segundona começou hoje com Guarani 2 x 0 Grêmio.

– Para finalizar: saiu mais um livro da Coleção Camisa 13, aquela que já tem o do Ruy Castro (Flamengo), Mário Prata (Palmeiras), José Roberto Torero (Santos), Washington Olivetto (Corinthians), Bob Fernandes (Bahia) e Sérgio Augusto (Botafogo). Já se encontra nas livrarias o do Luis Fernando Veríssimo, sob o título “Autobiografia de uma Paixão”. Sem dúvida, é o que tem a capa mais bonita.

Agora só falta o seu comentário sobre o Brasileirão 2004.

Comentários em blogs: ainda existem? (9)

  1. Foi formidável essa disputa. Agora, eu torcia para o Flamengo e o Botafogo caírem (eu tava doido pra ver os cariocas se danarem..)

    Mas nao importa, o que eu sei é que ano que vem é o ano do centenário do Sport, e o ano que vamos voltar a primeirona (como campeões!!!)

  2. Eu fiquei satisfeito com o campeonado. O meu time, se tivesse acordado um pouco antes, tava na libertadores… Ficamos em 5o. Tá bom demais!!! Pra quem dava como certa a queda pra segundona, saímos no lucro!

    Mas faltou cair mais um grande. Bem que poderia ser carioca, se bem que o Galo tb servia…

    E só pra constar: dos 5 primeiros colocados, 4 são paulistas.

    E ano que vem promeeeeete! Né, Kia?

    Um abraço!

  3. – Sobre o Eurico: só desprezo.

    – Sobre o Santos: título inquestionável mesmo, e legal a definição do Nara – parecia novela essa campanha cheia de sobressaltos e dificuldades!

    – Sobre os pontos corridos: pelo segundo ano seguido, enfim uma fórmula em que o melhor time e/ou elenco é campeão.

    Abraço.

  4. O santos mereceu o títutlo, sou Sãopaulino e o São Paulo não travou uma disputa junto com Atlético Paranaense e Santos pq foi vacilão e não foi tão bem qnto podia nos últimos jogos… (e perdeu o último)
    Mas enfim, mereceu a o bicampeonato…
    E o Ronaldinho Gaúcho acabou de ser eleito o melhor do mundo…

    Abraços…

  5. O santos mereceu o títutlo, sou Sãopaulino e o São Paulo não travou uma disputa junto com Atlético Paranaense e Santos pq foi vacilão e não foi tão bem qnto podia nos últimos jogos… (e perdeu o último)
    Mas enfim, mereceu a o bicampeonato…
    E o Ronaldinho Gaúcho acabou de ser eleito o melhor do mundo…

    Abraços…

  6. Foi injusto. Gosto muito do Santos, mas o Atlético-PR, pelo que apresentou durante o campeonato, não merecia morrer na praia. E, realmente, quem decidiu o campeonato brasileiro foi o Vasco.

  7. Gostei do livrinho, foi pra lista de futuras aquisições. E espero que 2005 seja o ano do nosso time. Pelo menos, pela primeira vez em anos, estão fazendo tudo direitinho na pré-temporada, certo?

  8. Pergunta 1: Minha memória anda meio fraca, mas aquela confusão(não sei em q ano) onde Ivens Mendes(presidente da comissão de arbitragem da CBF, na época) foi acusado de coagir a arbitragem para armar um resultado, foi num jogo da copa do Brasil entre Atlético-PR e Vasco, dos então presidentes Mário Celso Petráglia e Eurico Miranda respectivamente. Os três foram indiciados mas o bode espiatório ficou só para o primeiro deles. Pq Petráglia e Eurico são tão ariscos um com o outro desde então?
    Pergunta 2: Há cerca de dois anos Eurico Miranda rodou a baiana quando a Polícia Federal tentou invadir a sede cruz-maltina para confiscar documentos do “SEU” clube. A PF o fez e ficou por isso mesmo, acho que usaram os papéis foram usados para assoar o nariz, nada mais se falou sobre isso. A polícia esqueceu da existência do seu Eurico. Na penúltima rodada do campeonato Brasileiro deste ano, todos aqui sabem q o Atlético-PR perdeu para o Vasco do Eurico em São Januário e o Santos venceu com louvor o São Caetano. Na véspera da partida foi divulgado pela imprensa que um dos diretores do Santos ligou para Eurico(provavelmente oferecendo o mesmo milhão q dr Miranda negou de Petráglia). Segundo este diretor santista a resposta de Eurico foi a seguinte: “façam sua parte, o Atlético não vai vencer o Vasco. Estão vindo aí uns 20 ônibus deles, mas não vão entrar, afinal o estádio é meu.”
    Então a mesma polícia q “esqueceu” os papéis de Eurico, barrou todos os 20 ônibus da torcida atleticana, só os liberando para assistir o final da partida. A desculpa da polícia é de que não havia pessoal(PMs) para dar segurança a todos na entrada de São Januário. Eurico Miranda tem algum amigo delegado?

  9. Um recado pro corinthiano aí de cima: vou rir muito de vocês quando os seus “astros” começarem a brigar entre si, todos irem embora, inclusive a MSI e vocês continuarem sem seus estádio e com o seu CT favelão. Pq o seu Kia só promete jogadores, mas nenhuma infraestrutura, nem investimentos em divisões de base. Quando acabar o contrato ou uma das partes o rescindir, o curintia vai direto pra série B.
    Eu não confiaria num cara q tem nome de quem fabrica Bestas.

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*