Uma palavra

Para quem ainda precisava de um esclarecimento em relação a metáfora da estrada: sim, caríssimo visitante, de acordo com meus registros de nascimento, estou um ano mais velho a partir desta sexta-feira.

Mas não sou muito ligado a comemorações e coisas afins – penso que todo dia é dia de refletir sobre a vida ou mesmo fazer uma festinha com os amigos – claro que hoje é um dia ainda melhor. Por essa razão, não vou me importar se fulano ou beltrano simplesmente ignorar o dia de hoje – até porque, como estarei trabalhando, farei o mesmo até umas dez horas.

Ao mesmo tempo, seria estranho simplesmente deixar passar a data em branco. Por essa razão, além de organizar uma pequena “festinha” (veja mais abaixo), proponho a você, que teve o trabalho de vir até aqui pensando em me dar os parabéns pelo dia de hoje, uma brincadeirinha. Ou melhor, um desafio. Leia com atenção.

Vou ficar muito feliz em saber que seus votos forem sinceros – agradeço antecipadamente, inclusive. Mas ficarei ainda mais se você conseguir expressar sua mensagem usando apenas uma palavra. Não me leve a mal – afinal, quem sou eu pra chamar alguém de prolixo. Como disse, é um desafio. Não apenas ao seu poder de síntese, mas principalmente a sua criatividade!

Pode ser um adjetivo, um substantivo, um verbo, advérbio… Ou ainda algum neologismo, um termo que exista apenas em seu dicionário. Não é difícil, experimente: ao invés de dizer “muitos anos de vida”, por exemplo, escreva “longevidade”. Ou simplesmente “parabéns”, “banzai”, “aeeee”, “couve”, “paunuku”, “enfim”… Enfim.

Se ainda quiser dizer algo, mas achar impossível usar uma única palavra, não se acanhe. Use quantas desejar – só te peço para fazer isso no post abaixo, para não estragar a brincadeira…

Em tempo, se preferir, pode me contar qual é a palavra pessoalmente, nesta noite, a partir das dez e pouco, no tradicional bar Pinheirinho (Rua dos Pinheiros, esquina com a Maria Carolina, São Paulo). Vai ser fácil me achar: o estabelecimento é bem tranquilo, tanto que ninguém costuma ir lá. Venha saborear o Pacotão dos Amigos conosco!

André Marmota acredita em um futuro com blogs atualizados, livros impressos, videolocadoras, amores sinceros, entre outros anacronismos. Quer saber mais?

Leia outros posts em Outros. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (25)

  1. Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!Parabéns!

  2. Parabéns, muitas felicidades!
    Fiquei lisonjeada com sua presença num dia tão feliz pra mim. És realmente um amigo e tanto, como sempre diz o Luis!

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*