Troféu Joinha: “estou vivo”

Quem trabalha com jornalismo na internet sempre esbarra com o dilema entre escrever muito e depressa ou o contrário – que normalmente não acontece. O resultado? Coisas típicas do inutilidade online: Corintianos evitam a palavra “River Plate” ou Boicote à paralisação ganha adeptos. Boicote do boicote? E “River Plate”, não são duas?

E que tal Chimpanzé também é gente? Chega. Acho que vou resgatar a idéia do Troféu Joinha, idéia arquivada por ser extremamente genérica – o que não falta nesse mundo são candidatos, dentro ou fora dos sites noticiosos. O que dizer, por exemplo, do apresentador que vai processar o narrador só porque ele não lhe tirou o chapéu no programa do Raul Gil? Ou ainda este sensacional concurso do SBT, que promete centenas de milhares de candidatas? Haja troféu.

André Marmota formou-se jornalismo e ainda estuda o tema na pós-graduação. Mas o que importa é ter saúde, não é mesmo? Quer saber mais?

Leia outros posts em Outros. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (3)

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*