Sobre golfe, amor e aquela piada

E tem mais mensagens da patota!

"Eu ainda estou inconformado com aquelas fotos do Marmotão jogando GOLFE. Na segunda foto, tudo está errado. O Marmota tá jogando Beisebol. Não dá pra saber a direção do green. São 6 pessoas dando tacadas ao mesmo tempo, não se sabe o porque. Tem um elementro de branco, de óculos escuros na lateral direita, que provavelmente tá servindo de MIRA pro pessoal do lado esquerdo. Estranho, né?"
Vincent Vega, sobre o especial Marmota em Curitiba

Marmota: Demorei pra responder essa, meu velho! O fato é que na foto publicada no mês passado estávamos fazendo alongamento! A minha foto jogando golfe, na verdade, é esta ao lado! Bem mais verossímil, não acha?

"Lindo esse poema. Já conhecia mas fico arrepiada toda vez q leio… É da Clarice Lispector, não? Não lembro mais o autor… PS: Uma pena ter furado o amigo secreto, né?"
Naninha, namorada do Mr. Pinguim, sobre a parábola do amor

Marmota: A-há O velho truque sujo do texto assinado que não é assinado coisíssima nenhuma!!! Já tive esse problema por aqui, e a Revista Época me desmascarou. E aqui temos a confirmação de que o texto, que li na edição 2003 do Almanaque do Pensamento, não foi escrito pela poetisa! "Ih, não é da Cecília mesmo, não é o estilo dela", confirmou a Lu Dançante, grande conhecedora do assunto. Quase a Nikki e a Cacau caem nessa também!

"This book really did make me laugh – I didn’t think too much of the world famous winning ‘hunters’ joke, but thought that I would give the book a chance – I am glad that I did, it is a great mixture of science and humour – and the one about the dog in the telegram office has made me laugh all day"
Leitor inglês, sobre o livro da melhor piada do mundo

Marmota: Der Frend, firsting, sorre, but I leaved the english college bicose I don´t know the verb "tóbe". Por isso, vou escrever em português mesmo. Eu comprei o livro do LaughLab, e como é em inglês, estou lendo uma página por semana! Pessoalmente, acho algumas conclusões da equipe inglesa são muito genéricas, sem levar muito em conta a cultura de cada região. Acredito que a boa e velha piada dos cinco tomates é bem mais engraçada que a dos caçadores. Aliás, a minha melhor performance contando a tal piada está gravada em vídeo. Alguém quer ver?

E aqui termina mais um Alô Marmota, que agradece aos novos leitores: este blog virou assunto de mulher, ficou famoso no meu bairro e no outro lado da cidade, está sendo usado para combater o stress, lido no quinto dos infernos e em vidas paralelas! Obrigado pela preferência!

André Marmota dialoga muito com o passado, cria futuros inverossímeis e, atrapalhado, deixa passar algumas sutilezas do presente. Quer saber mais?

Leia outros posts em Alô Marmota. Permalink

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*