Rádio comemora seus 80 anos

Neste domingo à tarde consegui fazer algo que há tempos não via possibilidade: visitei alguns amigos, ex-companheiros de trabalho da Rádio metropolitana 1070, de Mogi das Cruzes. Pude participar, ao lado do meu amigo e xará André de Almeida, de um programa muito descontraído e despretencioso – algo que não fazíamos desde a transmissão do Carnaval mogiano em 2000, e ao mesmo tempo, difícil de se encontrar no dial hoje em dia. Claro, apenas os sete fiéis ouvintes da emissora prestaram atenção no que dizíamos.

De qualquer forma, sempre ouvimos por aí que o rádio está fadado ao fracasso – eu mesmo confesso ter dito mais ou menos isso um dia, para a pessoa errada… É claro que todos estão enganados. Neste último sábado, além da independência, também comemoramos os 80 anos da primeira transmissão experimental radiofônica, realizada no Rio de Janeiro.

E se neste domingo eu e o André de Almeida “maltratamos” os microfones durante duas horas, não foi o que aconteceu há uma semana, durante a segunda edição do Plantão de Domingo, da Rádio Jovem Pan. Não pude ouvir o programa, mas de acordo com alguns relatos extraídos da lista de e-mails dos radioescutas, da qual também sou assinante, foi uma noite memorável.

Foram horas de bate-papo, comandados pelo Tiago Gardinali (também formado pela Cásper) ao lado de dois profissionais da classe radioamadora e mais um dexista – Denis Zoqbi. Este, em sua mensagem para a lista, disse que a pauta do programa seria justamente os 80 anos do rádio. No fim, o assunto caminhou para as bandas das ondas curtas, para alegria dos milhões de ouvintes da JP. Ainda segundo outro dexista da lista, Rudolf Grimm, “quem não ouviu, perdeu algo que dificilmente voltará a ocorrer tão cedo”.

Tudo bem, eu e outros fanáticos por essa caixinha ficamos na vontade. Em tempo, fica aqui a sugestão do Denis Zoqbi: “vamos ouvir rádio, porque nesta noite aqui em São Paulo deve fazer algo como 7 graus (se muito) de madrugada e o rádio tá cheio de coisa boa”. Se você conhece ondas curtas – mesmo que seja só um pouquinho, como este assíduo ouvinte da Rádio Gaúcha nos 11915kHz – entendeu o que ele quis dizer quando mencionou a temperatura. Caso queira conhecer, aqui vai novamente o link do Dx Clube do Brasil. Vale ainda uma passadinha na coluna do Célio Romais, no site Planeta Rádio.

Claro, se nada disso despertou a sua curiosidade por este universo maravilhoso, apenas ouça rádio. Ele ainda merece, e por muito tempo!

André Marmota acredita em um futuro com blogs atualizados, livros impressos, videolocadoras, amores sinceros, entre outros anacronismos. Quer saber mais?

Leia outros posts em Plantão Marmota. Permalink

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*