Perdidos na Europa. Falta pouco!

Pois é, macacada. Passei o ano todo amaldiçoando a presença do Rei Medas, reclamando da vida, do excesso de trabalho, das mazelas do amor, entre outras agruras que fazem parte da vida. Num momento ou outro, no entanto, lembrava por aqui de algo que poderá mudar para sempre o destino: os vinte dias estão chegando… Lembra disso?

Pois bem, prepare-se: este blog permanecerá insuportável pelo menos até o final deste ano. Tudo por conta dos tais vinte dias. Vinte dias do outro lado do Atlântico. Vinte dias em quatro países. Vinte dias em oito cidades. Vinte dias de outono extremamente corridos.

Vinte dias perdidos na Europa.

Tudo começou com uma idéia despretensiosa. Eu, Lello Lopes e Lu Mastrorosa reclamavamos muito da vida no começo de 2004. Com o saco na lua, o diálogo abaixo apareceu, no meio do nada.

– Que bosta essa vida. Precisamos viajar.
– Boa idéia. Vamos pra Europa?
– Europa? Cês tão loooco?

Nem preciso dizer que a última frase foi proferida pelo mais quadrado e ranzinza dos três: eu mesmo. Minha relutância virou lenha na fogueira da obstinação dos meus companheiros. Ao mesmo tempo, tive a visão que qualquer um de vocês teria bem antes: esse é o tipo de oportunidade que dificilmente surgirá novamente na vida.

Assim, em 18 de junho, já estávamos com a passagem na mão e com o roteiro completo em mente: Porto, Lisboa, Madrid, Barcelona, Paris, Veneza, Florença e Roma. Tudo isso entre 8 e 29 de outubro de 2004.

O que era alucinação está prestes a se tornar realidade. E virar história.

Nos próximos dias, o MMM vai entrar no clima, com uma série de textos-aquecimento – conto com a ajuda dos leitores mais viajados para formatar dicas de passeios, macetes para evitar roubadas, entre outras sugestões. A partir do embarque, este espaço (espera-se) será atualizado esporadicamente, direto do velho mundo. Na volta, evidentemente, teremos aquela enxurrada de causos e imagens para despejar.

Mesmo anestesiado com o meu dia-a-dia frenético, não tem como segurar a sensação de “os vinte dias estão chegando”…

André Marmota acredita em um futuro com blogs atualizados, livros impressos, videolocadoras, amores sinceros, entre outros anacronismos. Quer saber mais?

Leia outros posts em Especiais do MMM. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (16)

  1. Ué, mas vinte dias na Europa justificam série especial, preparação e animação, além de muitas fotos na volta e muitas histórias pra contar. *sorriso* Marmotinha, aproveita, que ninguém sai de férias impunemente! Beijão, Ju

  2. Oi Marmota!!!! Que delícia hem??? 20 dias na Europa de férias é tudo o que eu precisava. Eu estou me preparando para viajar, seis dias antes de você, para Montreál/CA. Mas não será por vinte dias, mas por seis meses. Seis meses de estágio na Universidade de Montreal por conta do meu doutorado. Em vez de ansiedade, sinto um pouco de medo! Mas vamos lá!!!Boa viagem pra vc e pra mim tb!!!

    Beijo, Elisa

  3. Haja assunto, hein Marmota! Essa viagem vai ser mesmo um show. Se Portugal já é lindo vendo por fotos, imagina estar lá! Vc merece muito esse descanso.

  4. Dééé, ja disse isso e vou continuar dizendo, até que chegue o grande dia! Espero q a viagem seja tuuuuudo! É uma pena q eu não possa ir com vcs (chuif!) mas espero q tudo seja documentado, para q possamos babar muito qdo vcs chegarem! beijos! Juli

  5. Vc vai adorar Veneza, meu caro. Em Florença, por favor pense em mim na Ponte Vecchio.

    Boa viagem!

  6. Que dicas pode dar este pobre sujeito que nunca sai do sertão (tá vendo o matuto, eu singro areias) mas só te peço uma coisa, faça um diário de viagem, situações, tipos, comportamentos, roubadas, paralelos com a nossa cultura. Descrições físicas de locais, fachadas e estátuas encontramos facilmente em toda net. Confio no teu humor.

  7. meu irmão passou 15 dias viajando pela Europa. Ele não gostou de Veneza e adorou Monique. Disse que gastou 7 euros num café na França. Ficava sempre em albergues.
    aaah, ele chegou hoje depois de um ano fora. Não deu pra pegar muita coisa.

    Boa viagem!

  8. Hehehe, como você disse naquele dia no McCafé, é o roteiro ideal para aprimorar o inglês. Vai ser genial acompanhar sua viagem aqui pelo blog, já estamos ansiosos. Abraços!

  9. Desejo tudo de bom na viagem. Só vai preparado, porque está tudo o olho da cara para brasileiros, por conta do câmbio desfavorável.

  10. Ô inveja…:-)
    Dica do VP: em Madri, não esqueça de comer porras. São as melhores do mundo. E em Lisboa, é óbvio, não deixem de experimentar uns tapas.

    Forte abraço.

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*