Oba! Que legal! Tenho um blog!

Como assim “legal”?
É, é legal, todo mundo tem um blog!
Ah, é? E pra quê?
Ué, sei lá! Todo mundo tem um, deve ser bacana…
Sei. Mas por que um blog?
Bom, as pessoas costumam escrever coisas sobre suas vidas, o que elas viram, o que sentem… Enfim, é interessante!
E pra que uma pessoa vai querer saber disso?
Ora, somos seres humanos! Daqueles que gostam de trocar experiências, acompanhar historinhas… De repente, você esbarra com uma informação que pode mudar a sua vida!
Ah, tá. Mas você vai falar sobre o quê?
Depende do momento. Não existe um assunto específico, não precisa ser um canal segmentado, voltado para um público alvo definido. Vou apenas escrever. E isso também é legal!
Entendi. Então você vai fazer exatamente o que todo mundo que tem um blog faz…

É. Mais um monte de palavras transformadas em bits entupindo ainda mais esse lugar, que já está cheio de bobagens…
Peraí, também não é assim. Tenho certeza de que, com esse blog, muita gente vai ter a oportunidade de questionar os meus pensamentos, mandar e-mails, sugestões, comentários e afins! Vai dizer que você nunca pensou em fazer isso?
Mais uma vez… Tá vendo, simpático? Acorda pra vida, todo mundo já faz isso!
Tá bom, seu chato. Mas mesmo assim, vou experimentar. E essa conversa toda me deu uma idéia. Vou chamar o meu blog de “Marmota, mais dos mesmos”. Vai ter as mesmas coisas dos outros blogs, mas do meu jeito. Legal, né?
Achei estúpido. Mas vai em frente.
Pois muito bem! Seja bem vindo ao meu blog!

André Marmota formou-se jornalismo e ainda estuda o tema na pós-graduação. Mas o que importa é ter saúde, não é mesmo? Quer saber mais?

Leia outros posts em Sobre o MMM. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (6)

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*