O que fazer em 12 de junho?

Rio de Janeiro (RJ) – Antes que alguém pergunte, estou bem longe de casa. Longe de tudo. Trabalhando. Focado em assuntos extremamente profissionais em uma cidade que, apesar de comandada por um casal tresloucado, é ótima para bate-voltas de final de semana – mais uma vez, desculpas aos amigos cariocas por invadir a cidade e sair rapidinho.

Mas enfim. Isso significa que votei na opção “trabalhar” em minha enquete sobre programação para o 12 de junho. Eu e mais três pessoas, entre as oitenta que participaram dela. Metade dessa galera correu para a nossa “alternativa paunuku”: dia 12? O que tem dia 12? É domingo, né? Ah, sim, teve uma vez que inventaram essa data porque ninguém comprava nada em junho. Chutaram e acertaram a véspera de Santo Antônio… Blé.

Já 20% dos nossos visitantes estão bem resolvidos e estão prestes a executar suas surpresas ou mesmo namorar muito, como pediu a inebriante Fernanda Lima naquela propaganda da Tim. 15% preferem simplesmente desencanar e deixar essa data passar, sem crise.

Os outros 15% se espalharam nas outras alternativas alheias a festividade puramente comercial: apenas um cururu avisou que vai perturbar pretendentes; outros quatro vão passar o domingo assistindo a filmes românticos, comendo chocolate e sonhando. Eu e mais três, como já citei, temos mais o que fazer.

Ah, sim: ainda preciso pegar o vôo para São Paulo na noite desse dia 12 – já achei outra atividade diferente. Enquanto eu volto para casa, fique à vontade para participar de mais uma intrigante questão – desta vez, sobre comportamento social em ambientes escolares!

Comentários em blogs: ainda existem? (3)

  1. Ei, que tal eu ir te buscar em Congonhas hoje à noite e a gente comemora o Dia (dia?) dos Namorados enchendo a cara de suco de laranja no saguão do aeroporto? Genial, vai dizer?

  2. Como sempre, eu me fiz desentendido e votei na alternativa “paunuku”. Agora essa nova enquete aí é mais difícil: depende da professora(eu tive umas gostosas), da turma, da série, da situação em termos de nota, do humor…
    Enfim, são tantas variantes que não vai dar pra responder taxativamente não. Portanto, me abstenho.

  3. Cara, sério mesmo, chegou sexta e me perguntaram como ia passar o dia 12, e eu: quando?! dia 12?, aí eu lembrei da sua pesquisa, e foi exatamente isso que eu respondi. Não tinha voltado lá pra ver os resultados, mas 3 pessoas é pouco demais, não? Acho que tem muito mais solteiros aí, que não gostam muito de admitir…

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*