O que era saúde está virando um perigo!

Começou com a história da garapa do barbeiro no litoral catarinense. Fez a Doneça de Chagas reaparecer na mídia após algumas décadas, além de impelir minha tradicional paradinha na banca do japonês na feira de domingo. Só por cautela.

Na mesma semana, o trypanossoma cruzi, nome consagrado em toda sala de aula da terceira série, reapareceu no norte do país, misturado no açaí. Mais uma vez, o desinformado aqui decidiu evitar aquela tradicional pratada roxa misturada com rodelas de banana por algum tempo. Cautela, outra vez.

Pois bem. Agora, mais um item considerado “saudável” entrou na lista dos prováveis depósitos de parasitas malévolos: o sashimi. Anunciaram nesta terça-feira um surto provocado por peixe cru. E a cautela deve permanecer.

Claro que são casos isolados. Mas quem consegue tomar garapa, comer açaí e encarar sashimi depois dessa? E o que e mais deve aparecer? Só faltam redescobrir o germe do macarrão, o bacilo da banana, a epidemia da feira livre… Vou começar a me alimentar com enlatados e transgênicos.

Comentários em blogs: ainda existem? (5)

  1. Você bem sabe o quanto sou fresca para comer, então acho que estou livre desses riscos todos, hohoho… Me preocuparia se o perigo estivesse no filezinho de peito de frango, aí sim!!!

  2. A Renata que tome cuidado!!
    Dá uma pesquisada na, não muito comentada, Salmonella…É a bichinha fervilha no filezinho de frango!!! E quando a galinha põe o ovo… ai ai… a salmonelinha vai parar na casca do ovinho… e quando agente quebra o ovo…ela passa para a gema e clara…
    Renata!!! Não fica com pesadelos não! Se o filé for bemmmmmmmmmm passado a salmonella morre. Mas cuidado para não usar a mesma faca para cortar o filé e depois a salada…

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*