O fim de uma era

O dia de hoje, 19 de novembro, marca outro acontecimento além do Dia da Bandeira ou o milésimo gol do Pelé. Em 19 de novembro de 2001, circulava o último exemplar do jornal A Gazeta Esportiva, após 54 anos de história.

A partir do momento em que o suplemento esportivo conquistou independência do antigo jornal A Gazeta, criado por Cásper Líbero, teve um momento de notável destaque. Foi com a força da Gazeta que a Corrida de São Silvestre, criada por Cásper Líbero, conquistou a popularidade que possui hoje. Foram através das páginas da Gazeta Esportiva que o Brasil passou a conhecer melhor talentos como Emerson Fittipaldi e Eder Jofre. O próprio Pelé, destacado em toda a sua carreira pelo “mais completo”, chamava o periódico esportivo mais antigo do país de “menina”.

No ano 2000, em função de uma série de crises – internas e externas – o prejuízo do jornal ultrapassava os seis milhões de reais. No ano seguinte, a Fundação Cásper Líbero decidiu pela “descontinuação” da edição impressa, mantendo apenas a versão online – a Gazeta Esportiva Net. Neste ano, o meu irmão gêmeo Adilson e seus companheiros fizeram um documentário, contando a história do jornal. Querem saber mais sobre este vídeo? Então não clique aqui: perguntem direto para o Adilson…

André Marmota acredita em um futuro com blogs atualizados, livros impressos, videolocadoras, amores sinceros, entre outros anacronismos. Quer saber mais?

Leia outros posts em Plantão Marmota. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (1)

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*