O evangelho segundo os Estúpidos

Depois de dois fracassos, finalmente os Estúpidos – mais um grupo de amigos que tenho o privilégio de integrar – conseguiram encontrar uma churrascaria, em plena Sexta-feira Santa, sem precisar de uma via-crucis pela cidade. Para quem desejava comer carne em um dia de reflexão para os católicos, não custava nada desprovir-se dos demais pudores durante a comilança.

O resultado final não poderia ser diferente: palavras soltas que se transformaram em um verdadeiro assassinato ecumênico, tão pecaminoso quanto a picanha ou a maminha na manteiga. Pessoalmente, prefiro chamar o tal “linchamento herege” simplesmente de “besteiras bem humoradas”.

Com a ajuda de quem estava lá – Adilson, Lello, Narazaki, Fagundes e Sakate, recuperamos parte da catequese às avessas. Aos carolas inverterados: perdoai, eles não sabem o que dizem.

– Na verdade eu acho que JC nem existiu. Se existiu, hoje ele é lembrado porque foi feito um trabalho de marketing muito grande naquela época!
– Como é que é? Quer dizer que Jesus não existiu?
– É! Esses papos de “Transformou água em vinho”, “Curou os leprosos” e”Andou sobre as águas” é tudo mentira. É tudo exagero!
– É igual ao Pelé. Ninguém viu nada do que ele fez, e hoje ele se aproveita dos feitos para fazer marketing e ganhar dinheiro! Virou um produto!
– É isso ai! Jesus Cristo é uma mentira! Eu mesmo fiz questão de mastigar minha hóstia na primeira comunhão!
– Tinham vários messias. Tá tudo em “A Vida de Brian”.
– Jesus caminhou sobre as águas? Mas não foi ele que mandou abrir o mar para o povo passar?
– Não! Esse foi Moisés!
– Então, e em seguida ele mandou que o mar se fechasse sobre os egípcios, oque deu origem à Atlântida!
– Exatamente! Tanto que, na época, ele abriu o Mar Vermelho, que hoje chama Mar Morto.
– Nããão… Pior que isso é comparar Jesus a Pelé…
– Isso significa que Maradona era como Moisés, já que os dois fizeram mer…
– É verdade que tem dois Judas?
– Sim, um era Escariotes, o traidor, e outro era Judas Tadeu.
– Mas não eram dois Tiagos?
– Amanhã é o dia de malhar o traidor lá perto da casa do Narazaki
– É, na Rua dos Lavapés…
– E por que o Papa lava os pés dos fiéis?
– Esses apóstolos eram picaretas! Igual a Virgem Maria… Ora, como era possível, se Jesus tinha um irmão?
– Opa! Pera lá! Jesus era o filho mais velho!
– E os livros da Bíblia pulam boa parte da história dele, fala do nascimento e pula uns doze anos, vai direto para o final…
– Nossa… Aquele deuteronômio é muito chato…
– E quem mandou matar as criancinhas? Herodes ou Pilatos?
– Não interessa. Há 2 mil anos essas histórias eram passadas de boca em boca. Não existiam livros e essa coisa toda que existe hoje… Daí o povo foi aumentando, aumentando e hoje todo mundo acha que ele é filho de Deus!
– E tem mais: antes de Gutemberg inventar a imprensa, eram os escribas que faziam cópias. E cada um interpretava uma coisa diferente…
– Perai! Que história é essa! Claro que não existiam livros modernos naquela época, mas já existia a escrita e a história era fartamente documentada em papiros, ou em qualquer outra coisa parecida, sei lá…
– Sem falar que a imagem de JC como a conhecemos é renascentista. Com certeza ele não tinha essa cara de Jim Caviezel.
– Bom, não sei… Só sei que os evangelistas que escreveram a vida de Jesus nem conheciam ele.
– Mas não foram os apóstolos dele que escreveram?
– É, mas nem todos era apóstolos! Tinha uns dois que conheciam um cara que conheceu Jesus.
– Você tem certeza? Acho que só um deles não era apóstolo: o tal de Marcos!
– Ele conheceu Jesus sim, mas ele era criança!
– Aliás, no quadro da Santa Ceia, quem aparece ao lado de JC é Maria Madalena, e não um apóstolo…
– Tá, mas me expliquem, quem era mesmo o irmão da Maria?
– Que irmão da Maria, pô! Era de Jesus!
– E o que é Corpus Christi?
– Pra saber o que é, tem que saber também o que quer dizer Pentecostes.
– Só sei que entre Carnaval e Páscoa e entre Páscoa e Corpus Christi, são quarenta dias.
– Mas que fixação com quarenta… Por que quarenta dias? Também é marketing?
– Deve ser. E a estratégia deu muito certo. Como explicar o fato de não encontrarem mais o corpo dele na caverna? E quando ele apareceu para Pedro? E para Tomé?
– O das letras?
– Não, o do “ver para crer”
– Mas Jesus morreu na cruz ou na caverna?
– Dizem que foi na cruz, por asfixia, por causa da posição dele
– Sim, e quando abriram a caverna, ela se iluminou. E quem estava lá viu a própria sombra. Daí surgiu o mito da caverna, de Platão.
– Na verdade, quem estava lá era o Mestre dos Magos, e o lugar viria a se chamar caverna do Dragão.
– Ai, Cristo…

***

Esse texto foi postado originalmente em 14 de abril de 2004, e entre todos os tradicionais episódios envolvendo nossa churrascada na Sexta-feira Santa, ainda considero este o mais divertido. Não deixe de ver ainda os outros relatos da série:

A Via Sacra segundo os Estúpidos (2003)
O Pentecostes segundo os Estúpidos (2005)
A Paixão segundo os Estúpidos (2006)
A Gênese segundo os Estúpidos (2007)
A Santa Ceia segundo os Estúpidos (2008)

E prepare-se, pois está chegando a hora de mais uma sanguinolência. Nesta sexta-feira, tem mais.

André Marmota dialoga muito com o passado, cria futuros inverossímeis e, atrapalhado, deixa passar algumas sutilezas do presente. Quer saber mais?

Leia outros posts em E eu, uma pedra. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (27)

  1. Daqui alguns anos vão encontrar os arquivos do MMM e essa será a verdade. Seremos os novos evangelhistas!

    E lembre-se: a história do Platão não é a mesma, mas a caverna com certeza é!

  2. Por que os novos “evangelistas” não discutiram um tema mais apropriado, como fé? De história, principalmente a bíblica, estão precisando de um bom curso de exegese…

  3. Hahahahahaha…
    Eu comi uma porcaria de uma lasanha 4 queijos conegalada na sexta-feira santa que quase morri. Bah, só de lembrar me dá ânsia.
    Caramba, vcs fizeram uma ‘salada teológica’… risos… Só rindo mesmo!!!
    Bjocasss…

  4. Marmota, querido, quem é vivo de vez em quando aparece. O blog tá mais legal. Essa doideira de páscoa, semana santa. Comi carne como nos outros dias e não me senti mal por isso, que diferença faz? Mas vcs precisam de um estudo bíblico básico, se quiser eu mando um manual maravilhoso…
    beijos e saudades da
    Cuca

  5. Puxa vida, eu passei a sexta-feira santa sem carne, mas tudo bem, espero que vocês tenham aproveitado – e, pelo visto, sim. E eu sei o significado do Corpus Christi: é o feriado do Juca!!!!!

  6. Depoimento de um ex-crente:

    Meu nome é Jorge Soares Viana.Tenho 61 anos de idade, fui crente evangélico durante 40 longos anos, sempre fui fiel nos dízimos e nos serviços religiosos, obediente em todas normas, costumes e mandamentos de cada denominação.

    Fui pastor, evangelista, professor, cantor e mais!…Percorri quase todas as denominações existentes, em busca da “verdade”. Porem em todas; sempre encontrei a mesma coisa: Farsas, enganos, mentiras, ignorância, ingenuidade e fanatismo religioso. Todas se dizendo serem detentoras da “verdade”. Porem todas elas igualmente equivocadas!
    Vi muita miséria, enfermos, fracassados e derrotados, mas mesmo assim os fanáticos iludidos continuavam a dar testemunhos de vitórias e benção recebidas, benção estas que jamais aconteciam.
    Confesso que em todos esses anos que por lá estive; eu nunca tive o prazer de presenciar um só milagre, nem mesmo a cura de uma simples dor de cabeça, era tudo só balela!

    Até que a realidade e a desilusão me desanimaram, então fim, eu desisti!
    Há, só que nesse longo trajeto religioso, eu tive três casamentos desfeitos e perdi um filho com 20 meses de idade, morto por um trem de (?) toneladas. (Quantas benções e Quantas vitórias, hem?).

    Aí então cheguei a seguinte conclusão:…

    Se deus não vê o mal…Ele não é onisciente!…
    Se ele vê, mais esta muito distante para agir…Ele não é onipresente!…
    Se ele vê, esta presente, mas não quer acabar com o mal…Ele não é amor!…

    E só para esclarecer; Desde o ano 2000, que me “desviei dos caminhos de deus” e me sinto muito, mas muito feliz mesmo, não preciso de muletas para caminhar, nem de coleira para me manter preso e na linha, (tem gente que precisa, eu não!)
    Tem gente que se não esta na “Igreja”, está no crime. Eu sempre fui um homem correto, antes, durante e continuo sendo depois de ter estado em alguma Igreja.
    Portanto; eu não preciso de Igreja nenhuma para ser honesto e ser feliz!

    Tanto a bíblia quanto as Igrejas tem prazer em colocar nas cabeças da gente que:
    “O homem é mau e não é digno nem de pronunciar o nome de deus, que a nossa justiça é como trapo de imundícia, que o lugar que nos cabe é o inferno e etc…”.

    Bem, eu quando noto ervas daninhas na minha lavoura, trato de passar veneno e acabar logo com toda a praga, e não fico esperando que se transformem num jardim de rosas!

    Porque será que um deus tão perfeito não acaba logo com a raça humana tão imperfeita?… Porque esse deus insiste em se manter tão distante, omisso, invisível, não se mostra, não se revela, e não responde ao clamor do povo que o busca.

    E ainda falam por aí em “comunhão com deus!”, que comunhão hêm? (comunhão é aquilo que ocorre entre familiares e entre amigos)!

    Bem ao contrario de deus; o ser humano é um ser real, está presente, se comunica, é solidário, ama, ajuda e faz o bem!
    E essa invenção de que deus “ama o pecador?” – está provado que é mais uma grande mentira!

    E quanto ao fato do ser humano não saber nada,…Nada,… Mas nada mesmo a seu próprio respeito?
    Por exemplo: Eu não sei a hora, o dia, o mês, o ano, nem o lugar onde nasci…não tenho certeza de quem são os meus verdadeiros pais, (tudo o que sei é por meios de informação de outros!), não sei de onde eu vim, porque vim, o que faço eu aqui, qual foi o plano traçado para a minha vida aqui nesse mundo, qual a função que deverei exercer?
    Quais as melhores escolhas que eu deverei fazer (profissão, casamento e etc…?). Não sei quantos anos eu vou viver aqui nesse mundo, quando, onde e do que eu vou morrer?

    Qual foi, qual é o propósito da minha vida (passado, presente e o meu futuro), para onde eu vou após a morte, etc, etc, e etc…?
    Enfim, a nossa vida é uma incógnita, um grande mistério, eu diria: é uma grande maldade isso que fazem com a gente!
    Em fim, não sabemos nada sobre nos mesmos!

    E ainda tem gente que acha que sabe alguma coisa (sabem mesmo?). Aí então fica uma pergunta: que deus sábio poderoso e bondoso é esse, que até parece estar perdendo para o ser humano, em matéria de capacidade e eficiência? Pois, uma industria quando lança um produto no mercado; fornece junto um manual de instrução para um perfeito funcionamento e manuseio – com garantia e tudo mais.

    E quanto a nós hem?… é bem como diz a bíblia: “trapos de imundícias!”. (Nessa eu concordo plenamente com a bíblia!) Que ruim hem?
    Enquanto isso; o homem continua nascendo, crescendo, vivendo, sofrendo, envelhecendo, adoecendo, morrendo, desaparecendo e pronto, fim acabou!…
    E tudo isso para á gloria desse deus de “amor”?

    E ainda mais essa de – “ame o teu deus!”. Como é possível amar alguém distante, invisível, estranho e desconhecido, que nem liga pra ninguém?
    Quando alguém diz que ama esse deus, está mentindo, pois é impossível amar alguém que não se pode ver!

    Na verdade o que as pessoas sentem mesmo, é medo desse deus, e só o adoram por obrigação, ou por simples interesses (“benção e vida eterna!”).

    Textos de Jorge Soares Viana…o delator das fraudes

  7. Tudo o que pedirdes em meu nome!

    Esta afirmação pode ser encontrada em todos estes textos:
    Mateus, 7: 7… Marcos, 11: 24… Tiago, 4: 2… João, 14: 13 + 15: 7e 16 + 16: 23 e 24.

    Respeitáveis leitores!… eu acredito estar me comunicando com pessoas coerentes, sensatas, autenticas, realistas, sinceras e honestas; pessoas que tenham olhos para ver, ouvidos para ouvir e bocas para no mínimo, falar, expressar, gritar e protestar contra inadmissíveis e gritantes abusos e absurdos.

    Já chega, já basta, e já é hora de o povo se acordar e se rebelar contra essa manipulação e escravidão religiosa!

    Eu nem me arrisco imaginar estar tratando com rotulados, tapados, ignorantes, cegos, surdos mudos, robôs, burros, loucos e fanáticos.
    Por isso faço-lhes o meu apelo:
    Por favor, alguém realmente já presenciou ou realizou, algum tipo de milagre?… Mas milagres de fato mesmo, e não essa farsa que muito se vê por aí em Igrejas e nas televisões; (pessoas dizendo que foram curadas de uma dorsinha de cabeça, na perna, ou no braço).

    Estou me referindo a milagres mesmo! Assim como: curas de mutilados, aleijados, paralíticos, surdos, mudos, aidéticos, cancerígenos e etc…

    … E mortos sendo ressuscitados, conforme relatos bíblicos; Elias ressuscita uma menina: 1 Reis, 17: 8-16.

    Olha minha gente, eu fui crente por longos 40 anos; fui pastor, evangelista, cantor, professor, missionário (batizado por quatro vezes)… Visitei quase todas as Igrejas conhecidas (pentecostais e não pentecostais), freqüentei e membrei em várias; e nunca, mas nunca mesmo eu tive a oportunidade de realizar ou presenciar sequer um milagresinho, por menor que fosse. E por todos esses 40 anos de uma vida totalmente fiel em tudo; eu nunca tive a felicidade de obter uma só resposta de oração, que dirá um milagre.

    Foram muitas noites de vigílias, jejuns e orações… e nada, mas nadinha mesmo!
    Tudo que eu consegui na vida; foi sempre fruto de muitas lutas e trabalhos honestos (assim como qualquer ateu também o faz para conseguir), pois a única coisa que funciona mesmo, na vida de qualquer cidadão, e de modo favorável é: caridade, honestidade, humildade e simplicidade, (ao meu ver, isto sim é que é “santificação”!)… Mas nada de favores divinos, coisa nenhuma!
    A vida se encarrega de recompensar a cada um; da vida se recebe aquilo que a ela se dá; ser honesto ou ser desonesto; [felicidade ou desgraça] – a recompensa será sempre uma justa retribuição!

    Caso alguém mais privilegiado do que eu, tenha conseguido realizar ou presenciar algum milagre; por favor, entre em contacto comigo (mas quero fatos e não fantasias).

    Não adianta vir com essa de “há, mas eu já fui curado disso e daquilo, em nome de Jesus”.
    Mostrem milagres… Nada de dorzinha de cabeça!

    Em cada religião ou filosofias; cada um tem a sua historia, sua experiência e seu testemunho!
    Curas acontecem; no umbanda, quimbanda, candomblé, no saravá, no batuque, no hinduísmo, xintoísmo, maometismo e no cristianismo. A minha avó era cartomante e benzedeira; ela curava até câncer (e sem cobrar nada)!… E não era em nome de nenhum DEUS! (Isso é tudo o poder da mente)… Do querer… Da força de vontade, e movidos pela caridade!
    Exemplo: você deita pensando que precisa levantar pela manhã, para ir ao trabalho; se você for trabalhar você ganha o seu salário do dia… Se não for, você não ganha. É simples, não?
    A fé opera milagres, independentemente de circunstancias, ou de qualquer religião!

    Acompanhem alguns acontecimentos dramáticos:

    Carro desgovernado atinge fieis na frente da Igreja, matando alguns.

    Ônibus com romeiros; capota matando alguns.

    Ônibus com jovens evangélicos, que se dirigiam para retiro em dia de carnaval, cai em penhasco, matando vários jovens.

    Mãe teve seu bebê morto com uma bala na cabeça dentro da igreja durante um culto.

    Teto de igreja desaba durante o culto, fere e mata fieis.

    Jovem morre afogada em um rio, quando o pastor a batizava.

    Assaltantes entram na igreja durante um culto, põem todos de cara no chão, e levam o dinheiro de dízimos e ofertas.

    No vale dos Sinos (região da grande Porto Alegre/rs), as Igrejas evangélicas e outras; precisaram apelar para instalação de alarmes e sistemas de guardas de vigilância e segurança, pois as mesmas estão sendo arrombadas, de onde tem sido levados todos os seus instrumentos musicais; como teclados e guitarras, caixas de som e outros… Ventiladores e tudo o que estiver no alcance.
    Em Novo Hamburgo/rs, dois episódios chamaram atenção; A Igreja adventista (onde eu freqüentava na época), amanheceu arrombada sem os seus 10 ventiladores de parede, o teclado e outros aparelhos de som. A Igreja “o Brasil para cristo”, foi arrombada por um dos seus próprios obreiros e teve todos os seus aparelhos de som levados durante a noite.

    Aí fica a grande interrogação? [o deus destas Igrejas estaria dormindo?… ou ele não se preocupa em cuidar nem mesmos das suas próprias Igrejas; “a casa do senhor?”].
    Cadê a proteção divina?

    Certa vez eu assistia um culto em uma igreja, quando de repente uma mulher se “endemoniou”?… Fez o diabo dentro da igreja; quebrou bancos jogou pastor e obreiros, a metros de distância com se eles fossem palitos de fósforos, e ninguém conseguiu expulsar o tal de demônio!
    E lá estavam todos de joelhos e com mãos erguidas ao céu (inclusive eu)… e nada de o demônio sair – buscaram um pastor de outra congregação para tentar expulsar… e ele permaneceu, só saiu quando bem quis, e zombando de todos aqueles babacas (inclusive eu).
    Ta vendo!… Não existe essa de poder, coisa nenhuma!
    Ué? E como se explica Marcos, 16: 17 e 18: curar enfermos e expulsar demônios?

    E ainda tem gente que acredita nisso de proteção divina e de respostas de oração!

    Olhem só que grande mentira:

    O que habita no esconderijo do altíssimo, e descansa a sombra do onipotente, salmos 91:1.
    Caiam mil ao teu lado, e dez mil a tua direita; tu não serás atingido. Salmos 91: 7.

    Na cidade de São Leopoldo RS, bairro Santos Dumont, vila 14 Bis; durante um culto em uma Igreja Ass. de Deus, o pastor pediu que todos levantassem para orar; uma mulher levantou com seu bebê de apenas 4 meses de idade; foi quando uma bala perdida procedente de um tiroteio, atravessou o telhado de Brasilit da Igreja e atingiu a cabeça do bebê que morreu no ato da oração.
    Cadê deus num momento desses?
    Quem quiser, é só conferir no Jornal N-H da cidade de Novo Hamburgo RS – edição de 12 / 12 / 2004.

    Convido-os, a darem uma apreciadinha nos textos a seguir:

    Uma linda história da carochinha… Que bela e ilusória fantasia!

    Isaias 53: 4 – 5; “Certamente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores, levou sobre si… O castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados”.

    A seguir veremos a grande realidade vivida a cada dia, sentida na pele, sem mascaração!…

    A desgraça humana.

    Sabe, se você for a uma fila de atendimento de um ambulatório medico do (SUS ou INSS, por exemplo), você fica pasmo, impressionado e desacreditando que possa haver qualquer tipo de deus ou coisa do gênero – diante de tamanho sofrimento, dor, angústia e desamparo, por que passam todos os tipos de gente (inclusive crentes)… (velhos, aleijados, paralíticos, gestantes, acidentados, e todo a sorte de misérias e desgraças que se possa imaginar).
    Aí então eu me pergunto: Onde está o grande Deus de amor, afinal das contas; que não vê todo esse sofrimento humano? (que mais parece uma tropa de gado rumo ao abatedouro do que filhos e servos de Deus).

    Será que não teria um outro jeito de lidar com tudo isso; não se compadecendo com todo esse sofrimento alheio? Será que não teria um jeitinho menos doloroso e humilhante para dar cabo a uma vida, e a uma existência?

    Será que não daria para fazer com que o pecador, lá pelas tantas apenas desaparecesse, simplesmente e pronto? Sem expô-los a tamanha execração humilhação e miserabilidade?

    Bem pode se ver, que o ser humano está abandonado a sua própria sorte; sem deus nem coisa nenhuma… Se ele não se virar sozinho, ou com a ajuda dos seus semelhantes, ele está perdido, totalmente desamparado.

    A meu ver, o ser humano nada mais é do que algum tipo de experiência, que algo ou alguém executou, experimentou, usou e que por alguma razão simplesmente o abandonou posteriormente – (ou porque não deu muito certo, ou porque usou e quando não mais interessou, simplesmente abandonou, e se mandou deixando toda essa “bomba, esse pepino”, por aí, jogado e espalhado, a se multiplicar por toda a face da terra; nascendo, envelhecendo, adoecendo, sofrendo e finalmente morrendo!).

    Sinceramente; eu que sou um mísero ser humano mortal pecador; certamente trataria com muito mais amor, respeito e compaixão a todas essas pessoas, e teria muitas outras maneiras de lidar com tudo isso, e resolveria todos esses problemas, sem que tivesse que ser dessa forma tão dolorosa e monstruosa!

    Vou dar apenas dois exemplos: É só não permitir que continuasse a nascer mais gente, até que a raça se extinguisse totalmente, ou então dar cabo de toda a raça humana de uma vez por todas e pronto e acabou!

    Pronto, já não existe mais nem pecado nem pecador… Acabou-se a ira de Deus!…

    … Que tal um novo dilúvio pra variar?

    Textos de Jorge Soares Viana

    A degradação humana:

    Observe a beleza de um bebezinho…Vá acompanhando o seu desenvolvimento até sua adolescência; 1, 2, 3, 4, 5, 10 15, 20 anos.

    Faça aí uma pausa e volte a observá-lo lá pelos seus 70 / 80 anos!
    Que coisa deplorável, não é mesmo? Mais parece um cadáver em inicio de decomposição do que uma pessoa, propriamente dita!
    Observem como vai murchando, enrugando, mal pode andar, já sem dentes mal pode se alimentar, a visão enfraquece… Aí então surgem as bengalas, as dentaduras e os óculos (as conhecidíssimas próteses).

    Uma pessoa lá pelos seus 70 / 80 anos, quando necessita ir a o banheiro, já nem consegue mais sentar no vaso sanitário, quando com muita dificuldade o faz; então surge uma outra dificuldade: não consegue voltar-se o suficiente para passar o papel no devido lugar, e quando o faz, o faz insuficientemente, saindo com a mão contaminada por ter feito uma péssima higiene local! (Isso quando não tem que ser retirado da cama por alguém, para ser levado ao banheiro, pois já nem pode mais andar)!
    Enfim, os velhos tornam-se algo totalmente dependente, inútil, e porque não dizer; desprezível, algo indesejável, nojento, digno de dó!
    (reconhecer e confessar isso; é só para quem tem coragem… aqueles que realmente são transparentes, sinceros, verdadeiros, francos, não hipócritas e sem demagogias), não adianta querer negar isso, mesmo porque essa é a indiscutível grande realidade vista por todos, na vida de cada um.
    Se pelo menos o responsável por toda essa desgraça, tivesse a dignidade de se manifestar publicamente e esclarecer o porque de toda essa tragédia, dizendo: “olhem eu peço que vocês entendam, que isso é um mal necessário, por esse e por aquele motivo, mas podem crer que é unicamente para o bem de todos, que essa é a única forma, de no final torná-los felizes e imortais!”.

    Se isso acontecesse; a dor e a miséria se tornariam bem mais aceitáveis, até porque do jeito que está é uma angustia, ninguém sabe nada, é uma ignorância total, pô!…

    Aí surge a pergunta: Isso teria que ser assim mesmo? Não teria uma outra forma menos monstruosa de dar fim a uma vida?… Os cristãos dirão que está certo, dirão que; “tudo isso é por causa do pecado”, (no Latim a palavra >pecato Fé é confiar em coisas que não acontecem… E acreditar em coisas que não existem

  8. quanta bobagem! O que voces querem? que deus faça tudo pela humanidade?Indubitavelmente ele nos deu coisas importantissimas tais como a inteligencia!!! para solucionarmos inumeros problemas.estes relatos em nada diminuem a minha fé, que nao é cega, fanática.Nao acho que tenhamos que ficar de braços cruzados esperando as coisas despencarem do céu.E lembrem-se que Deus nos deu o livre arbitrio para acreditar ou nao, segui-lo ou nao.Talvez este ceticismo todo venha de uma vida confortavel e sem grandes vicissitudes.Ah e um lembrete antes de criticarem Deus ou a Biblia estudem primeiro filosofia, antropologia e historia muuuito!!!!!!!!!

  9. Passagem Biblicas:

    “Aquele que crê sera salvo”
    “Feliz aquele que crê sem precisar tocar”
    … os misterios de DEUS não são dos homens, SÃO DE DEUS, lá em Hebreus quando DEUS ordenou a Moises, que tirasse o povo do EGITO, se ele tivesse ficado parado procurando, de onde viria aquela voz, com certeza o povo estaria no EGITO até hoje(hehehe) principalmente se forem ceticos…
    Deus é tão bom, que não nos obriga a nda…

    …ISSO TUDO É CARENCIA DE AMOR, carencia do amor de DEUS…inquietude na alma…olha FILHOS, MESMO QUE NÃO SE SINTAM, O SENHOR OS AMA… peça a ELE o dom de se sentirem amados… SE SINTAM AMADOS, pOR DEUS para DEPOIS AMAR…pois do contrario tudo será em vão…

    “…eis que vou dou um novo mandamento, amai-vos uns aos outros como eu vos tenho amado…”

    se vcs não creem, não sabem como são amados…

    A VERDADE NÃO PODE SER DITA, À AQUELES QUE NÃO QUEREM OUVI-LAS…

    estudem mais… estão precisando… viva mais, ao invés de questionar… DEUS É MISERICORIOSO, mas também é justo…não vos obriga a nada…

    BUSQUE O AMOR EM SEUS CORAÇÕES…

  10. Sinceramente, eu só espero que o Deus todo poderoso perdoe o pobre coitado que foi tudo isso no evangelho e na verdade nunca foi transformado pelo poder do mesmo! misericordia! misericórdia!

  11. Me interessa a pluralidade!!!!A aceitação do outro como ele é.
    Crer em algo faz bem , fazer é uma atitude que o ser humano deve ter. É muito fácil criticar a filosofia, a religião. Mas analisar o seu papel moral na sociedade deixou de ser interessante.
    Este blog demonstra a democracia e liberdade de pensamento, mas a temperança também é importante, pois apesar de alguns não acreditarem em nada, ainda assim acreditam em aluma coisa: em nada!!!

  12. Nas evidências dos comentários 20 e 21 reparamos que existe uma boa riqueza de detalhes, porém eu queria saber onde encontro ao menos uma folhinha de documento bíblico contendo o nome CRISTO ou CHRISTUS na íntegra até a data de Venâncio Fortunato (500-600 A.D.)? É incrível, mas só encontrei XP, XPC e XPU. É certo que XP não simbolizava o nome Cristo, pois Pachomius, que se converteu para a SEITA de CONSTANTINO I em 312 A.D. viveu na cidade egípcia de Edfu, a mesma cidade que guarda as relíquias da dinastia Ptolemaica, onde Ptolomeu III (246-221 A.E.C.) tem gravado em suas moedas o falcão de Horus e o monograma XP. Os cristãos dizem que Constantino I teve a visão do monograma XP no céu no mesmo ano da conversão de Pachomius(312 A.D.) que conhecia muito bem Edfu, pois lá vivera.

    Outro fato incrível é que todos os bispos acima citados passaram na Gália (atual França), porém parece que nenhum deles viu nada sobre ESUS.
    Não lembrei de pôr aqui também um bispo chamado BLAESUS conhecido atualmente como S. Braz e que também esteve na Gália e não conheceu ESUS, que absurdo, não?

  13. Cara, acho que esse é o melhor post da história do MMM. E fica ainda melhor com os comentários dos ofendidos. Boa carnificina pra vocês nesta Sexta.
    Abs

  14. Olha só, nos comentários temos até manifestos de repúdio a escravidão religiosa. Viva os blogs! Mas difícil mesmo é acreditar que alguém ali na churrascaria leu o livro Deuteronômio…rs.

  15. Eu ia adorar participar dessa churrascada… mas não tem jeito: toda Páscoa vamos pra Minas, o que tb é muito bom!

  16. Ei! Quem leu o Deuteronômio fui eu, assim como todo pentateuco (ou como diz o Lello, o “pentecostes”)

    Faltou o André dizer que esse é o sétimo ano de realização do nosso rito. Cabalisticamente, isso significa que a picanha deve ser servida sem alho.

  17. é rapaz voce sofreu um bom bocado,porem te digo,o que aconteceu com voce foi muito bom,continue meditando em sua vida desde que voce se entende como pessoa;puxe pela memoria,o primeiro casal umano,ja ouviu falar de outros antes deles.voce se3nte medo?tem medo? ou istinto como os animais?bem!eu te digo prepara a tua alma pois iras encontrar-te com teu criador.ou se não seras como qualquer animal?

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*