Nova embalagem. Rótulo parecido. O sabor de sempre.

Há dois anos, quando este blog passou a integrar o Interney Blogs, lancei mão de uma metáfora engraçadinha para explicar a mudança de endereço. Dizia que minha barraquinha vagabunda, que nasceu em uma feira livre (o blogger da Globo.com) e foi parar na garagem (o domínio Marmota.org), foi convidado para integrar suntuosas instalações de um amplo e confortável centro comercial. Com o desafio de jamais perder sua essência de barraquinha vagabunda.

Pois bem, em mais esta alteração de logradouro, não tenho razão alguma para fugir das metáforas engraçadinhas.

Há alguns anos conheci a Luciana. Isso foi bem antes de nossos quiósques ocuparem o mesmo corredor do shopping – ela dividia uma tenda especializada em sentimentos diversos e lingerie com duas amigas. Sempre tive a sensação de que ela veio de um outro mundo. Como se de repente uma entidade luminosa refletisse no mar e, num encanto, se materializasse na praia, em minha direção. Conversando, é claro, num idioma só dela: foram semanas com extrema dificuldade para entender o que ela dizia.

Mesmo hoje, compreendendo boa parte de seu vocabulário, ainda tropeço em sua gramática. Mas enfim.

Num belo dia, a Luciana teve uma de suas idéias geniais.

– Ei, bem que podíamos levar nossas barraquinhas para um lugar só nosso. Onde podemos construir nossa casa, com amplos cômodos, quartos para as visitas, um quintal enorme para fazermos festinhas, saraus, churrascos… Também podíamos armar algumas tendinhas novas, compartilhando coisas que nós gostamos com todos que vierem conhecer nosso lugarzinho. O que acha?

Assim, em novembro passado, ajudei a Luciana com as obras do Dialetica.org, essa casa no campo onde poderemos plantar nossos amigos, discos e livros, e muito mais. Desdentão, fiquei entusiasmado com a idéia de reforçar a identidade de “blog-família”, que sempre motivou a existência deste blog. E aqui estou.

Aos dezessete visitantes que chegam aqui via RSS, não muda nada. Aos doze que apontam seus links para cá, um simples ajuste de rota para dialetica.org/marmota. Aos companheiros da intrépida trupe do IB, minha gratidão pela oportunidade em fazer parte de um movimento que vai continuar dando o que falar.

E aos amigos de sempre, refestele-se aí no sofá e, se der sede, invada a geladeira. Minha casa nova também é sua.

Comentários em blogs: ainda existem? (26)

  1. Você entende quando eu falo “oun!”? Pois é… Oun!

    Ei, agora que você está aqui, brincando comigo no Dialética, esse miniportal familiar passa a fazer muito mais sentido.

    Beijo!

    ;)

  2. Casa é sempre a palavra mais aconchegante do mundo. Claro, depois de “colo quente de namorada”. Parabéns e felicidades a vocês dois…:-)

  3. Muito bacana, André.

    Acompanho pelo feed mas adoro visitar o blog diretamente.

    Aliás, adorei a nova casa. É mais arejada, aconchegante e com mais luz natural.

    Abraço!

  4. Ficar caseiro é um sinal da velhice, não tem jeito. Saídas com a turma, estar no meio do povão, da multidão é divertido, mas chega um dia que você só quer chamar os amigos para comer uma pizza e tomar um vinho. Aí você aprende que there’s no place like home, como diria a filósofa Dorothy.

    E tem mais: é certo que a embalagem influencia o sabor. Vai dizer que Lolo não era muito melhor que Milkbar? E que Coca-cola em garrafa de vidro não é mil vezes melhor que as famigeradas pet?

    Agora é esperar pra ver se o produto vai ficar melhor ou pior, mas suspeito que a embalagem mais bonita vai deixar o recheio mais gostoso.

    ;)

  5. A união faz a força.
    Se esta é a tend~encia da blogosfera, para que lutar contra ela, vamos aproveitar.
    Gostei do nome, Dialética.

  6. Mestre Marmota!

    “Cheirinho de casa nova” é sempre muito bom – seu porque também me mudei a pouco tempo ;-)

    Já atualizei seu link lá na minha coluna de “tock-vizinhos”, mas o feed continua funcionando por aqui.

    Deixa uma cerveja separada pro seu amigo carioca que eu já tô chegando nesse churrasco, hein! Felicidades à vc e à patroa na residência, que está linda!

    PS: vcs vão voltar com o LoveLife um dia?

  7. André, somos seu fã! De verdade, e estamos muito felizes pelas novidades (assim, no plural). Como sempre, grande André, estamos aqui torcendo para que tudo só melhore pra você, afinal, uma pessoa bacana, supimpa e fofa como você merece sempre muitas alegrias. Um abraço, amigão!

  8. Acho que vou usar o título deste post como exemplo –devidamente referenciado– para minhas aulas de português, assunto “figuras de linguagem”, tópico “gradação”.

    P.S.: Tem um “http” a mais no hyperlink pro blog da Luciana; tá dando erro aqui; tem que copiar, colar e recapear.

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*