Mas que Marmota é esse?

Você é o Marmota, irmão do “Allan Cabeça”?
Alguém, via ICQ

Marmota? Aquele do desembucha; marmota acústico; um blog proibido para menores com a Lucinha (??); depois no blig… é você? Deus existe!!!
abossal, do http://images.lookingat.us/

Marmota: Muito obrigado pelas visitas, mas infelizmente não sou nenhum deles. De fato, era um assíduo visitante do primeiro Marmota a gerenciar blogs, que como podem ver aqui, foi desativado em abril. Estou aqui impedindo a extinção das marmotas na internet. Se estiver afim de acabar com algumas, clique aqui e vai em frente. Agora, para saber se Deus existe ou não, pergunte ao Marco Aurélio.

***

ai to tão feliz… encontrei meu clone!!! fui lá no seu blog… levei mó susto… meu apellido praticamente nome é MARMOTA TB … não é lindo isso!?
Lucimara, via ICQ

Marmota: Tadinha, Lucimara! Muita maldade te chamarem de Marmota… Se bem que, maldade mesmo, foi você ter levado um susto ao ter entrado aqui. Desculpas…

***

Será que todo mundo lembra dessa música quando está chegando no Rio de Janeiro?
Eu peguei um voô de Sampa para o Rio. Quando estava chegando, o Tico e Teco começaram a cantarolar esta canção…

Otávio C. Cordeiro – teivan, sobre a primeira parte do Ixpecial Marrmóta nu Riodixaneero

Marmota: Pois é, Otávio. Deve ser alguma influência espacial do Tom Jobim sobre as aeronaves que se aproximam do Rio… Obrigado pelo comentário e um abraço deste seu conterrâneo!

***

E você já sabe: aqui você tem todo o espaço para se manifestar! Através do zé meio, ICQ ou mesmo pelos comentários individuais de cada post!

André Marmota formou-se jornalismo e ainda estuda o tema na pós-graduação. Mas o que importa é ter saúde, não é mesmo? Quer saber mais?

Leia outros posts em Alô Marmota. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (1)

  1. Cometas e Estrelas

    Há pessoas estrelas;
    Há pessoas cometas.
    Os cometas passam. Apenas são lembrados pelas datas que passam e retornam.
    As estrelas permanecem. Os cometas desaparecem. Há muita gente cometa.
    Passam pela vida da gente apenas por instantes, gente que não prende ninguém e a ninguém se prende. Gente sem amigos. Gente que passa pela vida sem iluminar, sem aquecer, sem marcar presença. Há muita gente cometa. Assim são muitos e muitos artistas. Brilham apenas por instantes nos palcos da vida.
    E com a mesma rapidez com que aparecem, também desaparecem.
    Assim são muitos reis e rainhas de todos os tipos. Reis de nações, rainhas de clubes ou concurso de beleza. Assim rapazes e moças que se enamoram e se deixam com a maior facilidade. Assim são pessoas que vivem numa mesma família e que passam pelo outro sem serem presença. Importante é ser estrela.
    Estar presente. Marcar presença. Estar junto. Ser luz. Ser calor. Ser vida.
    Amigo é estrela. Podem passar os anos, podem surgir distâncias, mas a marca fica no coração. Coração que não quer enamorar-se de cometas que apenas atraem olhares passageiros. E muitos são cometas por um momento. Passam, a gente bate palma e desaparecem. Ser cometa é não ser amigo. É ser companheiro por instantes. É explorar sentimentos. É ser aproveitador das pessoas e das situações.
    É fazer acreditar e desacreditar ao mesmo tempo. A solidão de muitas pessoas é conseqüência de que não podem contar com ninguém. A solidão é resultado de uma vida cometa. Ninguém fica. Todos passam. E a gente também passa pelos outros.
    Há necessidade de criar um mundo de estrelas. Todos os dias poder vê-las e senti-las.
    Todos os dias poder contar com elas. Todos os dias ver sua luz e calor. Assim são os amigos. Estrelas na vida da gente. Pode-se contar com eles. Eles são uma presença.
    São aragem nos momentos de tensão. São luz nos momentos escuros. São pão nos momentos de fraqueza. São segurança nos momentos de desânimo.
    Olhando os cometas é bom não sentir-se como eles. Nem desejar prender-se em sua cauda. Olhando os cometas é bom sentir-se estrela. Marcar presença. Ter vivido e construído uma história pessoal. Ter sido luz para muitos amigos. Ter sido calor para muitos amigos. Ter sido calor para muitos corações. Ser estrela neste mundo passageiro, neste mundo cheio de pessoas cometas, é um desafio, mas acima de tudo uma recompensa. É nascer e ter vivido e não apenas existido.

    Reinilson Câmara

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*