Mais de 300 mil blogs brazucas, diz Estadão

Pode ser uma moda passageira. Ou algo que vai contra a maré, afinal, para que adianta tanta gente escrevendo se o número de leitores é o mesmo? Tem aqueles que apostam neste formato como algo inovador e que, bem usado, pode transformar a web. Sem falar nos Narazakis da vida, que insistem em chamar os blogs de “querido diário”.

Não que todos estejam errados, longe disso. O fato é que a coisa está crescendo – sem maldade, evidente. Matéria publicada no Estado de S. Paulo neste domingo estima que 300 mil brasileiros possuem o seu “diário” na rede. Seja um diário ou não, todos trazem motivos para manter o seu. Só falta o próprio Narazaki, o DilmarX, o Tio Tebas, entre outros personagens, criarem um.

Aliás, a estimativa levantada pelo Estadão é a única novidade. Todo o resto não passa de uma bela “cozinhada” no tema. Inclusive com uma constatação surpreendente: “os blogs já extrapolaram tanto a sua função inicial quanto o público-alvo esperado”. Por que não falamos mais sobre esse gancho, então?

O tema, como sempre, será explorado outras vezes por aqui. Antes, porém, uma novidade: ele está de volta, agora com um fotolog!

André Marmota acredita em um futuro com blogs atualizados, livros impressos, videolocadoras, amores sinceros, entre outros anacronismos. Quer saber mais?

Leia outros posts em Bloguiado. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (1)

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*