Hoje vou ver Matrix Reloaded. Em casa.

Já foi a um cinema em semana de estréia? Filas cheias de gente chata e impaciente, trocando burburinhos sobre o filme… Quem vive longe da civilização ainda pensa na gasolina e nas horas em trânsito. Misture tudo com a ansiedade provocada por Matrix Reloaded e está criado um dilema: tenho muita vontade de assistir ao filme, mas será que não existe uma forma de fazer isso confortavelmente, no aconchego do lar?

Claro que tem! A indústria do mal, esta que cria spams, alimenta o narcotráfico, mantém grupos terroristas e controla meios de comunicação, está sempre um passo a frente dos mortais – inclusive os espertinhos que decidiram pela pílula vermelha! Por mais que os irmãos Warner tenham feito tudo para evitar as cópias piratas, elas estão aí, para quem quiser comprar.

E a redação do Plantão Marmota teve acesso a uma destas cópias. O vendedor, que se identificou apenas por Jose El Boliviano (lê-se “rosêlbolibiáno”), arrumou dois cedês fuleira, mas com uma bela capinha impressa em papel sulfite, por dez reais. O conteúdo? Matrix Reloaded, no formato VCD – alguns aparelhos de DVD conseguem ler o disquinho, mas com um software apropriado, dá para ver no computador tendo qualquer CD-ROM. Com mais cinco pilas, veio de brinde uma cópia de Cidade de Deus – com uma compactação piorzinha. Poderia ter investido mais alguns trocados para levar o X-Men 2, mas desisti. Minha consciência pesou.

Era possível encontrar o disquinho dias antes da estréia nas telas brasileiras. Outros sortudos de banda larga podiam ainda chafurdar pelos distribuidores de arquivos p2p em busca da tão esperada sequência. Para não estragar a surpresa, só testei a cópia neste sábado – corri um belo risco, já que poderia encontrar Peter Pan voando pela Terra do Nunca ao invés do Neo.

Felizmente deu certo. Nos primeiros segundos, além da abertura do filme, é possível enxergar um ponto vermelho no canto inferior direito – é a saída de emergência do cinema onde o larápio gravou a cópia. Mais alguns segundos e a câmera já está devidamente ajeitada, permanecendo imóvel até o fim do filme. Algumas desvantagens: não tem legendas e a qualidade é próxima dos originais da Marmota Television.

Em compensação, os amigos do Empadas que me desculpem, mas já tenho programa para este sábado à noite: vou ver Matrix Reloaded, ao lado do meu irmão, usando as minhas pantufas. Quando terminar, serão mais dois minutos até chegar a cama e seus cobertores!

A não ser se alguém muito especial resolver me convidar para ir ao cinema… Ah, difícil. Melhor esquecer essa hipótese.

Comentários em blogs: ainda existem? (14)

  1. aeee… casa propria… novinha em folha.. hahaha..Eu sabia que a CEF ia te ajudar a conseguir a tao sonhada moradia propria.. hahaha..Cara.. eu vi nos camelos daqui o DVD tambem.. hahaha.. nego é foda..abracos do bacteria

  2. Não acredito… vai ver Matrix Reloaded pirateado e de má qualidade ? Aí perde a graça! De qualquer forma, já que você foi corajoso de fazer isso, depois me conta se devo ser corajosa prá enfrentar a fila do cinema, tá ?!Bjos curiosos.

  3. Po, entao se e assim, consegue um Carandiru ai pra mim cara… Aqui num tem camelo pra me arrumar esses baguljhos, vc sabe como e… Te pago em dolar… HahahahaBjocas, bom findi…

  4. Marmota querido, nem acredito que vc vai fazer isso. Tem que ir no cine, pegar aquela fila imensa, jogar pipoca nos outros, bater palma… Sim, aguentei tudo isso quando fui na pré-estréia. :(Beijos,Nikki

  5. rsAh…… mas qual a graça de ver um filme q o forte é a qualidade visual e seus efeitos em uma copia mal feita???? Claro q qd vc falou o cinema esqueceu de lembrar q um pentelho mal educado vai sentar ao seu lado e ficar comentando cada pedaço do fime…..Depois vc me conta se vale a pena pegar a filinha, ou se é melhor esperar umas 3 semanas pra ir?bjoscy

  6. Vê se toma vergonha! Que história é essa de fugir da fila?Humm… se eu fosse você, tomaria coragem em ligava pra “alguém muito especial”. Quem sabe ela também não quisesse muito assistir o filme NO CINEMA. Vocês poderiam ficar juntinhos, na fila, uma fazendo companhia pro outro.Aposto que, ao invés de ser um martírio, seria muito agradável. Além do que é praticamente impossível ficar numa fila por mais de 30 minutos sem falar nada. Ótima oportunidade para conhecer melhor a companhia…

  7. Eu não acredito que você teve coragem de fazer isso!! Se fosse para ver o filme de empregadinha da Jennifer Lopez, tudo bem.. Mas Matrix?? Vc realmente teve coragem?? Para ver em casa é só para te ligar nos lances da filosofia toda e tal, mas para as cenas de luta é sempre bom ter um MEGA negão de terno na sua frente, lutando com um cara que parece ter sido clonado!!Que decepção com vc agora!! ;)Beijinhos,Gabi

  8. tsc, tsc!Que coisa feia!Mas não vou ficar falando abobrinha, porque duvido que todo mundo aqui use Windows original…

  9. Cacetada! Nunca fui tão recriminado por algo tão… corriqueiro! Agradeço os comentários de todos!Mas enfim, se serve para alguma coisa, acabei não vendo o filme. Achei melhor ir dormir. Vou acabar indo ao cinema, mesmo sozinho!

  10. Tudo bem que fiquei tentada a comprar a cópia pirata no “Ching Ling”, sendo que na quinta já tinha visto a versão legendada em português pra vender. Mas a emoção de ver o filme no cinema é indescritível.E se vc estava com preguiça de enfrentar fila compra o ingresso no http://www.ingresso.com.br. Aí é só imprimir o dito cujo e ficar na filinha (uma a menos, por sinal).Só a cena de luta do Neo com os agentes Smiths já vale a pena…

  11. Prezado Marmota;Não recrimino você não!Afinal a única maneira de fazer o que vc queria(assistir ao Matrix no conforto do lar!) era assim mesmo!Agora não é para qualquer um. Acredito que vc deva falar inglês muito bem para entender tudo sem legenda, não é?

  12. Opa Marmota!Eu pensei em assistir o Reloaded em divx, mas acabei desistindo. o Spiderman assisti uma semana antes da estreia. Já o Star Wars EpII foi um mês antes. Ambos foram essas cópias toscas com uma câmera no cinema.Depois, quando fui assistir no cinema, vi que não tinha reparado em vários detalhes, como a mão-de-metal do Anakin no final do EpII.Então com o Matrix resolvei não tentar. Não quero perder os detalhes do filme.Já o Animatrix … Fiz o download do dvd inteiro, em divx. É dvdrip, então a qualidade está perfeita. Digo vale ter uma cópia.Para aqueles que estão lendo o meu comentário, quando o filme sai no cinema, estou lá, na estréia. Quando o filme sai em dvd, estou lá, encomendando na pré venda do Submarino.O mp3, divx, xvid, ou seja lá o que estejas assistindo, ouvindo, copiando, é uma forma de conhecer muita coisa nova.Quantas bandas depois comprei o cd porque gostei das musicas que escutei em mp3? (Eu tenho gravadora de CD, mas não é a mesma coisa). A música é uma parte de um pacote maior. Tem a arte do cd, tem as letras, fotografias.. É um conjunto.O dvd é a mesma coisa. São 3 línguas diferentes, legendas em várias linguas, extras, entrevistas… Não deixo de comprar o dvd porque tenho uma cópia em divx. Não mesmo…Muito menos deixaria de ir ao cinema. Assistir na grande tela. Com um som bom (essa foi piada. Aqui o som do cinema é muito ruim), mas mesmo assim. Com uma companhia legal. Com uma turma de amigos. O cinema ainda tem o seu valor, e sempre terá :DSó optei por nào assistir Matrix Reloaded no computador, para não perder detalhes do filme. Se fosse uma cópia dvdrip, ou uma copia de uma reprodução de um cinema digital, não tenham dúvida: Eu já teria feito o download. E ainda assim, estaria na porta do cinema na estréia – e pronto para comprar o dvd quando saisse à venda :D

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*