Férias forçadas…

Inevitável lembrar em atentado quando nos referimos ao dia 11 de setembro. Mas aqui, a data do atentado foi outra: seis de setembro. Desdentão (e não falo do banguela) este blog sofre de um mal súbito, provocado pela queda de um servidor – e a altura era grande, pelo visto.

Após a máquina despencar, constatou-se que o banco de dados, mesmo formado em Berkeley, reprovou no teste de lógica, perdendo sua serventia e impedindo o acesso através dos meios normais. Em resumo: o Movable Type simplesmente parou de funcionar. E como todo castigo pra pobre é pouco, o servidor onde hospedo este espaço foi invadido, terminando assim de fazer a sujeira: todos os clientes tiveram suas páginas substituídas por uma linda mensagem de protesto.

Por esse motivo, senhoras e senhores, você não vê uma única atualização aqui desde sexta-feira – uma pena, pois assunto não falta! Pior: nos últimos dois dias, em função do backup automático dos nossos esforçados provedores, entrou uma página de julho passado, confundindo a todos. Enfim: enquanto a minha peregrinação em busca de uma luz, mesmo sabendo que a revitalização de um banco de dados corrompido é impossível, o MMM se vê obrigado a entrar em férias forçadas.

Mas tenha certeza: quando você menos esperar, voltarei aqui para dizer: “voltamos a nossa programação normal”. Até lá, divirta-se com os arquivos que restaram (setembro de 2002 a julho de 2003) e, se quiser fazer qualquer comentário, use o e-mail ou o ICQ: estarei pronto para respondê-lo!

André Marmota tem uma incrível habilidade: transforma-se de “homem de todas as vidas” a “uma lembrancinha aí” em poucas semanas. Quer saber mais?

Leia outros posts em Sobre o MMM. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (2)

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*