Eu quero ver filmes trash!

Dentro do processo irreversível de digitalização imaginado por Nicholas Negroponte, internautas começam a investir um pouco mais em largura de banda por conta do conteúdo em áudio e vídeo disponível na web. Ótima notícia para inúmeros adeptos do chamado “cinema trash”, as famigeradas superproduções caseiras que tem tudo para se tornarem cada vez mais populares.

Matéria do CorreioWeb, assinada por Leandro Galvão, apresenta uma série de sites de orçamento pequeno, mas com criatividade de sobra. É o caso da Bafo Movies, concebida pelo Matheus Mota, ou a Lixo Filmes, de Roberto Lima e seus amigos.

Antes mesmo da banda larga se “popularizar”, o gênero fazia muito barulho graças a Pepa Filmes, cujo site parece ter renascido. Quem teve a oportunidade de assistir aos trailers de “O Shaolin” ou ainda conhecer as aventuras do Coronel Cabelinho “e os policiais mais figuras que tu já viu” aguarda ansiosamente por novidades da trupe.

Mas entre as grandes produtoras, o destaque fica por conta dos amazonenses da Hyperfilmes. Depois da primeira temporada de “Goldman”, um guerreiro japonês bem cara-de-pau, os caras conseguiram emplacar um novo personagem, que tem tudo pra fazer sucesso no Brasil inteiro, no canal a cabo Amazon Sat. Trata-se do “Poderoso Zap”! Só cuida:

O primeiro super-heroi 100% amazonense… Policarpo Philadelpho era um jovem manauara que sofria constantes humilhações por parte de seus amigos. Um belo dia, depois de aliviar um barro no mato, encontrou a mulher que mudaria sua vida para sempre, Gilka, a mãe natureza, que lhe escolheu para dar-lhe o anel poderoso. Com este anel e evocando as palavras mágicas: Zip, Zap, Zop, o transformam no incrível super-herói para proteger a natureza, o poderoso Zap. Zap juntamente com seu maior aliado o Gato Maracajá, enfrentam os mais perigosos monstros e supervilöes que ameaçam a natureza e a cidade.

Sensacional! E eu quero é ver mais!

André Marmota tem uma incrível habilidade: transforma-se de “homem de todas as vidas” a “uma lembrancinha aí” em poucas semanas. Quer saber mais?

Leia outros posts em Plantão Marmota. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (5)

  1. Filme trash é tudo de bom. Faltou só citar aquele pessoal de Chapecó (SC), que lançou o sensacional MONSTRO LEGUME DO ESPAÇO, onde o melhor efeito especial era um repolho que fazia as vezes de cabeça da criatura.

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*