É o fim dos problemas no trânsito!

Quem costuma passar horas dirigindo sabe que, infelizmente, é praticamente impossível passar um único dia longe do stress provocado por congestionamentos, obras, motoristas incompetentes, enfim.

O resultado disso é uma degradação cada vez maior das relações humanas: independente de qual lado você esteja, é sempre o outro que está errado. Um exemplo prático: você está em uma dessas rodovias modernas, aquelas com pedágios exorbitantes. Trafega tranquilamente na faixa da esquerda, a uns 100km/h. Do nada, surge um mala atrás de você. Seta ligada, luz alta… Só falta a buzina.

Você não sabe, evidentemente, que a faixa da esquerda deve ser prontamente liberada para a passagem de veículos mais velozes, mesmo sendo um cururu que, certamente, vai se estrepar no radar. Mesmo assim, muda de faixa ofendendo todas as gerações do cidadão, emendando com um original “esse aí vai tirar o pai da forca”. E não pense que o mala agradeceu seu gesto de altruismo, após longos minutos colado em seu para-choque.

Convenhamos, ambos se irritaram momentaneamente e dissiparam energia negativa à toa. E infelizmente, nada parece ser capaz de mudar esse panorama.

Quer dizer, temos algo sim. Apresento-lhes uma idéia simples, porém revolucionária. Capaz de transformar momentos de tensão em comentários alegres durante o resto do dia. Inspirada em um detalhe pinçado daquela velha Caravan branca ano 84, placa Ecto-1, guiada pelos caça-fantasmas. Além da sirene inconfundível, o bólido contava com um display luminoso, com mensagens intermitentes.

A proposta é justamente essa: adaptamos um painel destes no teto do carro, voltado para trás. Programamos algumas mensagens educativas (ou não) que são transmitidas imediatamente aos nossos amigos motoristas, sem necessidade de buzinadas ou gestos obcenos.

Você nem suspeitava que trata-se de uma montagem, de tão perfeita que ficou, hein?Na prática, funcionaria assim: no estado defaut, o display indicaria a data, a hora certa e, de repente, um aceno simpático como “boa tarde”. De acordo com o caso, aciona-se o código referente a mensagem desejada e pronto!

Vamos voltar ao exemplo acima. Para a aparição do “mala da luz alta” , a mensagem do painel pode ser um incisivo “devagar, imbecil!!!”. Ou ainda, para os mais educados, um “aguarde um momento…”. Ao invés de xingá-lo, o mala ficará surpreso com o equipamento e, se duvidar, vai até esquecer de ligar a seta.

Além da aplicação meramente educativa, o apetrecho pode ser útil nas mais diversas situações, como informações sobre condições de trânsito e lembretes de rodízio. Serve ainda como substituição aos famigerados adesivos de cunho religioso ou ainda os batidos “a inveja é uma merda” ou “rastreado por fofoqueiros”. Melhor ainda: que tal informar seu número de telefone para a loirinha que vem logo atrás?

Enfim, qualquer coisa que a sua criatividade permitir comunicar será possível – tenho certeza que você tem uma nova sugestão de uso deste incrível mecanismo para intensificar relações interpessoais no trânsito que, de quebra, acaba com o stress!

Será que eu poderia ficar milionário patenteando essa encrenca?

Atualizado – A resposta surgiu no blog do Beto Largman, do Globo. Ingleses aperfeiçoaram o conceito e já estão comercializando o Driv-e-mocion, que exibe smiles e outras frases simpáticas, acionadas por controle remoto. Custa 11 libras, cerca de 44 reais.

Se eu não fosse tão teimoso e bitolado, ou se eu realmente aproveitasse as pequenas oportunidades que me aparecem ao invés de ignorá-las, talvez minha vida fosse diferente. “Mas eu sou assim mesmo, o que eu vou fazer?”, ora bolas.

Isso me lembra uma frase que vivia dizendo ao meu amigo Adilson. “Você é muito bom na elaboração das coisas, mas peca na realização”. E agora? “Agora, ela serve para você também. Rá! Pronto, estou vingado. Na verdade, pode aliviar sua consciência. Se você tivesse corrido atrás dessa idéia, ninguém ia respeitar a sua patente de qualquer forma. O mundo é de que vende, meu amigo, e não de quem inventa. Minha sugestão para você é: copie e venda no mercado alternativo. Pronto. Está milionário outra vez!”.

Definitivamente, preciso arrumar uma esposa empreendedora e ambiciosa.

(Postado em 03/06/2004, e atualizado em 04/06/2006)

André Marmota tem uma incrível habilidade: transforma-se de “homem de todas as vidas” a “uma lembrancinha aí” em poucas semanas. Quer saber mais?

Leia outros posts em E eu, uma pedra. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (11)

  1. Um tela grande como a proposta estaria em desacordo com a Lei da Cidade Limpa e não poderia rodar em São Paulo…
    Mas que a idéia realmente é boa é!
    Só não vale colocar mensagem contra motociclista passando do lado enquanto vc está parado!!!!

  2. O Driv-e-mocion é bem legal mesmo, só que este preço de 11 libras não existe, nem pro modelo de 2 mensagens. Digo isso porque tenho o modelo de 5 mensagens à venda e sei quanto custa. E é só entrar no próprio site que você coloca no texto e ver.

  3. Meu Deus, como eu queria ter tido a idéia do “Devagar, Imbecil”… Tem pouca coisa tão ruim quanto estar a 100, 110, 120 em uma estrada e ter que ceder passagem a um retardado a 140 atrás!

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*