É o fim de um longo dia

Finalmente, nesta sexta-feira, termina o dia mais longo do agente federal Jack Bauer. Ao menos para os órfãos da TV a cabo que, assim como eu, driblaram o desrespeito da Rede Globo ao telespectador, enfrentaram o sono e acompanharam nas últimas semanas a primeira temporada de 24 horas. Pessoalmente, já tinha noção do barulho da série, mas nunca tinha visto. Agora já posso dizer, sem medo de errar, que é uma das coisas mais geniais que já assisti – deve ter goleado a audiência do Jô.

O primeiro episódio, exibido no dia 12 de janeiro, representa a primeira hora de um dia importante para a política norte-americana. Jack Bauer é chamado para coordenar os trabalhos da UCT, divisão anti-terrorista, para evitar o assassinato do senador David Palmer, o primeiro negro a ter reais chances de ser presidente dos EUA. Mal sabe ele que sua esposa e filha também vão se meter em enrascadas.

Parece simplesmente mais um suspense policial, não fosse a grande sacada: cada episódio representar uma hora completa deste dia terrível, onde os acontecimentos envolvendo Bauer, Palmer, suas famílias, outros agentes, terroristas e alguns figurantes ocorrem em tempo real. Por diversas vezes, a tela se divide em duas ou três para mostrar mais de um evento no mesmo instante – o que faz a adrenalina aumentar ainda mais.

Tudo que você precisa saber antes de assistir a última hora desse dia interminável é que esse negócio vicia. E se você não teve a chance de acompanhar a série poderá encontrar a caixa com todos os episódios em DVD nas melhores casas do ramo. Inclusive com um final alternativo, diferente do que vai ao ar. E pelo que eu já soube, é um desfecho bem menos besta (se quiser saber mesmo qual é, clique e arraste o mouse: ao contrário do que vai acontecer, Teri Bouer, que estava grávida de Jack, não seria morta pela Nina Myers – aquela agente da UCT que parecia boazinha, mas que na verdade era uma fiadaputa, mancomunada com os terroristas).

Aos fãs sem-cabo, resta esperar pela Globo, que garantiu a exibição da segunda temporada ainda este ano, aos domingos (só falta ser depois do Domingo Maior). Quem tem o canal Fox em casa pode rever o segundo dia de Jack Bauer de uma vez só antes da estréia da terceira temporada, prevista para esta segunda-feira, dia 16.

A propósito, quem esteve no Brasil para divulgar o terceiro ano de 24 horas foi Dennis Haysbert, que interpreta o senador David Palmer. Ao chegar, o presidente fictício já meteu o pau em Bush: “A mostra do que ele conseguiu fazer é que ontem, no aeroporto, tive que deixar as minhas impressões digitais”. Claro que, se fosse com ele, seria diferente!

Além de falar a respeito da série, o ator aproveitou para conhecer o nosso Carnaval e a Deborah Secco. Bobo ele, não?

(Imagens: Omelete e Portal Terra)

André Marmota acredita em um futuro com blogs atualizados, livros impressos, videolocadoras, amores sinceros, entre outros anacronismos. Quer saber mais?

Leia outros posts em Plantão Marmota. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (4)

  1. Eu disse que essa série é viciante demais! Eu tinha acompanhado a primeira temporada na TV a cabo, mas agora estou somente com a TV aberta. Vamos ver se o horário da segunda temporada de 24 Horas na globo seja mais viável para os que precisam acordar às 6 damanhã pra trabalahr 🙂

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*