Descobrindo as possibilidades da Internet

Há uns trinta anos, alguém ligou um computador a outro, e em seguida, conectou mais um, criando uma “rede”. Imaginavam que, no futuro, aquilo poderia aumentar e se transformar, aproximando as pessoas. Começaram a trocar mensagens, criar bibliotecas com arquivos texto, inventaram novos serviços, veio o newsgroup, o FTP, a WWW…

A cada dia, a Internet vai crescendo a medida em que novas ferramentas são testadas. Há um ano e meio, duas experiências ganharam fôlego: o lado multimídia da web ganhou a allTV, uma mistura de rádio, TV e Internet. Já o lado democrático recebeu de braços abertos a onda blog, que ganhou milhares de adeptos nesse mesmo período.

Há pouco mais de um mês, três rapazes misturaram os dois experimentos e adicionaram boa música. Criaram o Blog’n’Roll, “um blog de cultura pop que pode rolar na internet, na TV, no rádio, nos palcos ou no espírito… mergulhado na convergência de mídias e de almas”, como convida seu manifesto. A cada segunda-feira, os três amigos recebem um músico e um blogueiro. E logo no terceiro programa, o “lado blog” do programa contou com a presença do nosso Mestre Inagaki.

Pretexto perfeito para acompanhar o programa pela primeira vez. Para quem nunca entrou na allTV, o esquema é o seguinte: enquanto o programa acontece em uma pequena janela, os espectadores podem interagir entre si na sala de chat ou mesmo com os apresentadores. O ambiente é o sonho de qualquer emissora de TV aberta: não existe melhor forma de saber o que quer a audiência, já que a resposta dos “allnautas” é dada em tempo real.

“Vão falar de blog? Putz, isso não tem nada a ver, é coisa de quem não tem o que fazer”, é um exemplo, quase ao extremo, de um espectador insatisfeito com a programação. Nesse caso, o melhor a fazer é “mudar de canal”, quer dizer, clicar em outra coisa. Os mais interessados conversam entre si sobre o tema, além de tentar algum contato com os entrevistados – além do Inagaki, aquele 14 de julho recebia também a cantora Patrícia Coelho.

“Além do prazer de conhecer seu triunvirato in loco, o programa, pra lá de descontraído e informal, ainda me deu a oportunidade de conhecer pessoalmente a simpaticíssima Patricia Coelho”, comemorou o nosso mestre, um dia depois. Para quem assistiu, no entanto, ficou faltando aquele algo mais. “Pô, os caras não lêem as perguntas do chat! Cadê a interatividade”, reclamou um assíduo blogespectador. Pessoalmente, também mandei minhas perguntas e alguns recados, sem muito sucesso. “Uma hora de programa é muito pouco tempo”, concluí, ao final do programa.

Os próprios mentores da idéia justificam, no final do manifesto: “É o começo. Temos muita coisa pela frente. Coisas boas e ruins. Enfrentando os problemas que todos enfrentam, dentro de limitações e liberdades, quando querem viabilizar qualquer tipo de projeto. É natural. É aprender a lidar com as dificuldades. É disso que nós, seres humanos, somos feitos. Seguiremos tentando, aprendendo, batendo cabeça, errando, mas principalmente nos divertindo e sendo felizes e tentando passar um pouco desse espírito para quem quiser mergulhar nele”.

Vontade não me falta para mergulhar cada vez mais no mundo virtual e descobrir suas possibilidades. Mas é preciso algo mais… Como por exemplo assistir a novas edições do Blog’n’Roll e constatar, feliz da vida, que houve muito progresso.

Ao menos uma coisa todos têm certeza: nenhuma ferramenta, por mais sofisticada que pareça, prospera na Internet sem outro ingrediente fundamental, o relacionamento. Ao desbravar a Internet, não esqueça que o grande objetivo é aproximar as pessoas! Estamos todos no caminho certo.

Observação: Esse post deveria entrar no ar há um bom tempo, mas uma greve dos funcionários da Marmota Television impediu a edição dos melhores momentos do programa com o Inagaki. Felizmente eles voltaram ao trabalho e selecionaram os melhores trechos para você. Clique no link com o botão direito e salve o arquivo para assistir quantas vezes quiser (assim como a allTV, é preciso ter o Windows Media Player instalado para ver!)

André Marmota acredita em um futuro com blogs atualizados, livros impressos, videolocadoras, amores sinceros, entre outros anacronismos. Quer saber mais?

Leia outros posts em Outros. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (2)

  1. E pensar que um dos culpados pelo meu vício nesse mundo blogueiro foi o Inagaki… O blog dele foi um dos 1os. que eu vi e a partir daí nunca mais parei…:-)Olá, moço!!! Estava com saudade do seu blog.Com licença, vou continuar matando as saudades…Bjocassss…

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*