Deixem o Cookie em paz!

Não, não estou falando do tradicional biscoitinho com gotas de chocolate. Muito menos naquele palhaço vivido pelo já falecido Roni Cócegas no programa do Bozo. Cookies são pequenos arquivos de dados gerados pela maioria dos grandes sites. Esses arquivos, chamados de cookies por serem compostos por pedaços de informações sobre você e seu computador, são bastante úteis para identificar as suas preferências. Calma: o cookie não pode ler nada do seu computador! Essas informações normalmente são fornecidas por você mesmo!

Você pode achar essa invasão de cookies uma tremenda falta de consideração a sua privacidade. Sem problemas: existe uma opção no seu navegador, algo como “alerta de recebimento de cookies”. Você pode ser avisado sempre que algum site jogar mais um cookie no seu computador ou simplesmente evitar que isso aconteça. Evidentemente, boa parte dos sites simplesmente não funcionam se essa for a sua opção. Como os tais cookies não causam danos e possuem um prazo de validade, o melhor a fazer é aceitá-los e deixá-los numa boa.

Se você não sabia de nada disso, saiba que o seu blog também cria cookies nas máquinas dos seus visitantes! Ou você acha que o seu nome, endereço e e-mail aparecem do nada quando você vai inserir um comentário aqui – ou em qualquer outro – pela segunda vez? Além disso, as tradicionais enquetes – semelhante a que está no ar aqui no MMM desde o começo do mês, também utiliza esse mecanismo para impedir que o mesmo visitante vote mais de uma vez, e com isso, estrague a brincadeira.

Bem, não é o que acontece normalmente. Muitos espertinhos são especialistas em mexer no cookie dos outros – no bom sentido, é claro! Um desses engraçadinhos descobriu o cookie da minha enquete, e a cada voto na opção “parar de beber”, deletava. Assim, o nosso desocupado visitante conseguiu facilmente incluir 1300 votos em poucas horas!

Ainda bem que aqui, pelo menos, a enquete nada mais é do que uma brincadeira bastante descontraída. Não foi o que o pessoal da febre de blog, já citado por aqui algumas vezes, imaginou. A intenção do casal era mesmo bem legal: entre os blogs da semana escolhidos por eles, os seus visitantes escolheriam, tranquilamente, o melhor deles. O que aconteceu? Bingo! Mexeram no cookie deles! De repente, um dos candidatos pulou para o primeiro lugar, com mais de mil votos, estragando a brincadeira.

Assim, a série Fique por Dentro do MMM aproveita para trazer a você informações sobre esse misterioso cookie, além de destacar a importância deste pequeno arquivo dentro do ecossistema virtual. Dessa forma, fica aqui o apelo para preservar as boas intenções de todos que utilizam este sistema para incrementar seus sites: por favor, deixem os nossos cookies em paz!

André Marmota tem uma incrível habilidade: transforma-se de “homem de todas as vidas” a “uma lembrancinha aí” em poucas semanas. Quer saber mais?

Leia outros posts em Fique por dentro. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (6)

  1. é… os cookies da enquete que to participando tb devem ter sido xupinzados! :Pum participante tinh 10 votos no dia seguinte mais de 100! o engraçado que é um dos que apoiam o que tá na frente ganhou na enquete passada. e foi acusado da msm coisaresumindo tem gente xupinzando a enquete do BON! MAGOEI

  2. Pois é Marmota foi o meu blog que pulou. Nao fui eu quem mexeu nos cookies mas sim alguns amigos o que nao me tira totalmente a culpa. Porem outros dois blogs tambem estavam fazendo isso antes de mim. Mas deixa pra lá. Valeu a experiencia.Abracos do bacteria

  3. Alias.. voce como participante tambem deve ter estranhado a ascensao dois outros dois blogs logo no primeiro dia com mais de 100 votos cada um… e eles vem me dizer que só meus amigos mexeram nos cookies?… hehehe..Ja pedi desculpas para o pessoal do febre e ate pra Angel. Agora peço pra voce. Só falta agora ir nos outros.Abracos do bacteria

  4. Oi… Lembra de mim? Do amigo Secreto… A sua primeira amiga secreta do sorteiro que foi “obicotado”…Sempre passo por aqui dou uma olhada e nunca dá tempo de comentar…Jóia sua pagina! Feliz Natal e um 2003 cheio de coisas boas! Um beijo e até mais!

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*