Copa do Mundo no Brasil: você apóia?

Sei que todo mundo quer esquecer aquela Copa do Mundo mequetrefe, mas vou ter que falar nela outra vez. Você é capaz de lembrar onde foi a primeira partida do Mundial da Alemanha, no último dia nove de junho?

A resposta é o Allianz Arena, em Munique, um dos mais bonitos do mundo. Repare nas imagens daquele sujeito cabeludo acima. Na primeira, o estádio ainda está bem distante, mas daquele ponto, eu já tinha saído da estação do metrô e passado por algumas daquelas armações de metal paralelas, que funcionam como uma barreira.

Ou seja: em um dia de jogo importante, aquele ponto já serve para separar quem tem ingresso ou não.

Daria até para imaginar que esse descampado é, na verdade, o estacionamento. Na verdade, as vagas estão um nível abaixo dessa longa passagem. Enfim, tem espaço de sobra para organizar o fluxo de pessoas e minimizar transtornos.

Agora imagine: que estádio receberia a hipotética Copa do Mundo de 2014 no Brasil? Pessoalmente, não conheço nenhum capaz de atender as mínimas exigências da Fifa. Digo “mínimas” porque é demais pedir que o acesso a qualquer arena seja tão fácil quanto na Alemanha.

No começo de novembro, o manda-chuva do futebol mundial, Joseph Blatter, esteve no Brasil. E fez seu alerta: se quiser mesmo sonhar em receber um Mundial, precisa se preparar como se houvesse uma forte concorrência. No dia seguinte, o Governo Federal tomou uma decisão que certamente vai tranquilizar a todos: decretou a criação de um grupo de trabalho. Agora vai.

O assunto foi o tema de nossa última enquete. A pergunta era curta e grossa: você acha mesmo que o Brasil deveria se preocupar em sediar uma Copa do Mundo? O “sim, somos pentacampeões e merecemos um torneio em casa” foi escolhido por 34% dos quase cem visitantes que participaram. A maioria, 66%, votou no “não, temos outras prioridades para resolver”.

O assunto ainda vai dar pano pra manga nos próximos meses, vamos acompanhar. Por enquanto, as possibilidades oferecidas para o tal jogo de abertura do Mundial do Brasil são os 12 novos estádios que serão construídos pela iniciativa privada, segundo Lula. Vamos deixar o homem trabalhar.

André Marmota acredita em um futuro com blogs atualizados, livros impressos, videolocadoras, amores sinceros, entre outros anacronismos. Quer saber mais?

Leia outros posts em Marmota pergunta. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (3)

  1. Eu votei no “não, temos outras prioridades para resolver” porquê é verdade mesmo. Por outro lado, se ocorresse um empenho real na construção da estrutura não só dos estádios, mas de segurança também, uma Copa do Mundo aqui geraria muitos, mas muitos empregos, e isso seria bom.
    Mas se for pra ser como da última vez no Brasil, prefiro que não seja nunca mais aqui… ;)

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*