A polêmica dos blogs premiados

Minha amiga Anny Neves, a Camaleoa vertiginosa, está muito feliz: em uma semana, ela ganhou de presente alguns selinhos bacanas, sendo que alguns deles são prêmios concedidos por outros blogs. Aliás, graças a minha gigantesca boa vontade em ajudá-la nessa empreitada, já recebi dela alguns convites de casamento – pena que ela esteja tão longe!

Mas isso não vem ao caso. O fato é que os tais selinhos estão se multiplicando e, entre todos os bem intencionados, surgem “muitos blogs picaretas que visam somente um simples link para conceder um”. O alerta é do Daniel, que promete voltar ao assunto e trazer mais detalhes sobre essa turma que só quer aparecer.

Isso não quer dizer que todos são assim. Além dos bons exemplos já citados aqui outro dia, o próprio Daniel cita ainda o Mundo de Cecília. E vai além: “Eu acredito que o dela será referência no mundo blogueiro”.

É também a minha torcida, que vale para todos os que desejam realmente incentivar a prática saudável de blogar. Aos que colaboram com o partido dos picaretas, aqui vão dois artigos que, apesar de antigos (e já disponibilizados aqui), merecem reflexão constante. O primeiro, do Julio Daio Borges, sobre os “aparecidos” de plantão. O outro, do Sergio Buaiz, sobre o terrível fenômeno do marketing viral usado por outra turma que adora aparecer (não vou aqui repetir o que já disse sobre eles).

Para encerrar o assunto, uma pesquisa feita pelo Edney mostra os blogs mais populares da internet brasileira. Todos eles certamente já ganharam seus selinhos em algum momento. Mas só por serem considerados “os mais populares”, nem precisavam.

André Marmota é professor universitário e ouvinte frequente da pergunta “mas e além disso, você também trabalha?”. Quer saber mais?

Leia outros posts em Bloguiado. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (1)

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*