junho 23, 2010

Vender… Calcinhas usadas?

Alguém pode achar que eu enlouqueci. Na verdade, o crédito da história é todo do psicólogo (e problogger) Philipe Kling David. Ele conta que uma amiga, durante sua viagem aos Estados Unidos, descobriu uma espécie de “eBay do B”, isto é, um site de compra e venda aos moldes do Mercado Livre, mas com um público altamente diferenciado. Quer dizer, pessoas que pagam alto por coisas como calcinhas usadas.

O relato do Philipe é inacreditável: a amiga começou faturando quase cem dólares com uma peça íntima; descobriu que japoneses pagavam mais, e em euro; encontrou ainda quem comprasse meias usadas; num episódio audacioso, chegou a receber quatro vezes mais o valor de mercado, só por ter feito a entrega pessoalmente.

Mas não é arriscado? Lógico! Há uma linha muito tênue, como lembra o Phillipe, entre esse tipo de comércio e a prostituição. Sabemos que “sexo” pode se tornar uma poderosa máquina de fazer dinheiro, mas mergulhar a fundo nesse mundo é algo para poucos. Como um bom psicólogo, Philipe fez a observação mais importante: “essa garota manteve a cabeça no lugar e não aceitou este tipo de proposta de prostituição, levando a vida normalmente e trocando o trabalho de lavar meias e calcinhas sujas por grana da melhor qualidade”. Em resumo: para ela, foi um tremendo negócio.

E onde está o lado bom? Ignore o produto dessa história e perceba que, num relance do destino, oportunidades podem aparecer. O melhor adjetivo que se aplica à amiga do Philipe é “observadora”, qualidade número um de quem pretende “despertar” seu perfil empreendedor. É claro que a variável “necessidade” pode acelerar o processo, mas a melhor situação é aquela em que uma ampla visão do mundo é suficiente.

Mas… Vem cá: você já ouviu falar em algum nicho de comércio tão… Tão maluco?

Look for similar articles under these categories: 

No responses to "Vender… Calcinhas usadas?"

Leave a Reply
Commenting policy: Some comments run the risk of being deleted. These include comments that are spam or cannot be understood or are rude.
You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Top - Home