Sobre sacrifícios durante a Quaresma

Nossa última enqete ficou poucos dias no ar, graças a problemas do serviço de pesquisas gratuitas do Ubbi. Apesar das insistentes mensagens solicitando ajuda, não tive nenhuma resposta – aliás, a falta de serventia do chamado “fale conosco” em muitos sites por aí já não é novidade.

Bom, pode ser ainda que os donos do Ubbi sejam revolucionários ateus e, por isso, não tenham gostado do tema proposto pelo Globlog MMM. Perguntamos aos nossos visitantes se os mesmos fazem algum sacrifício durante a Quaresma, período que estamos agora – entre a Quarta-feira de Cinzas e a Páscoa. Sempre dizem que é muito complicado falar sobre religião, política e futebol. Talvez por isso, durante o período que ficou no ar, a enquete recebeu 14 votos.

Os católicos frequentadores deste espaço, ao menos os que fizeram a primeira comunhão ou o crisma, devem saber que a Quaresma é tida como um período de purificação e reflexão. Além de ser a época perfeita para se confessar e continuar recebendo a hóstia sagrada nas missas de domingo, é preciso fazer um sacrifício. Para a Igreja, não se trata de uma obrigação, mas sim em fazer algo espontâneo e oferecer à Deus, como uma prova de amor ao Nosso Senhor.

Como o número de votos foi pequeno, a conclusão pode não ser das melhores. Mas 57% dos visitantes acham isso uma tremenda balela. Inclusive não veriam qualquer problema em se esbaldar numa churrascaria rodízio na Sexta-feira Santa. Aliás, ano passado, saí ao lado dos amigos em busca de uma e não encontramos…

Uma blasfêmea horrorosa para os 29% dos internautas participantes que disseram acreditar muito e seguir à risca os preceitos da Igreja. Pessoalmente, mesmo se encontrasse a tal churrascaria, talvez não tivesse coragem. Por isso, fui o único voto na opção do “esforço, mas não ligo se deixar de cumprir a promessa”. Uma válvula de escape para “católicos relaxados” como eu!

Ah, sim, teve um bobo que votou ainda na opção “piada fraca detected”, que perguntava se Aquaresma não era aquela música do Toquinho… Como a Quaresma ainda não passou, você ainda pode dar o seu voto clicando aqui, ou mesmo comentando ali embaixo. Aproveito para agradecer a Ana Kátia, que sugeriu o sistema que está no ar agora, em fase experimental-quase-definitiva. Vamos participar!

André Marmota tem uma incrível habilidade: transforma-se de “homem de todas as vidas” a “uma lembrancinha aí” em poucas semanas. Quer saber mais?

Leia outros posts em Marmota pergunta. Permalink

Comentários em blogs: ainda existem? (2)

  1. Oi… sabe eu sou evangélico ex-católico e às vezes fico me perguntando se as pessoas católicas ainda levam à sério esse tipo de coisa (quaresma etc) uma vez que na Bíblia não existe nenhuma menção ou sugestão desse tipo de prática religiosa.Mas enfim… não quero discutir religião mas agradecer pela visita. Volte sempre porque eu voltarei aqui.

  2. Bomm sou católica e atualmente estudo Teologia… É como estudar História garanto! Tantos costumes que temos tantas crenças tantas coisas que achamos pura bobagem tantas bobagens que falamos e que engloba não só a igreja mas nossa cultura…O importante é manter o respeito sempre! :-)Eu já esqueci que era sexta-feira santa e acabei comendo carne não morri não levei castigo e nem fui excomungada… Mas sempre procuro seguir esse costume de não comer carne.Bjocassssssssssss

Vai comentar ou ficar apenas olhando?

Campos com * são obrigatórios. Relaxe: não vou montar um mailing com seus dados para vender na Praça da República.


*